Assine Já
sexta, 27 de novembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 11817 Óbitos: 538
Confirmados Óbitos
Araruama 2355 117
Armação dos Búzios 1070 16
Arraial do Cabo 388 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1107 40
São Pedro da Aldeia 1801 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Via Sacra

Via Sacra: espetáculo de amor e fé

Pela quarta vez, Yuri Vasconcellos interpreta Jesus no auto, que volta a ser encenado após um ano

14 abril 2017 - 12h28Por Rodrigo Branco | Divulgação
Via Sacra: espetáculo de amor e fé

Tradição quebrada no ano passado, a encenação da Via Sacra em Cabo Frio voltará a ser encenada hoje, a partir das 20 horas, no Largo de Santo Antônio, para a alegria dos fiéis e de todos que se comovem com a história universal da paixão, morte e ressurreição de Jesus Cristo. E pela quarta vez o papel do ‘Rei dos Judeus’ ficará a cargo do ator, artista plástico e produtor Yuri Vasconcellos, de 40 anos. Ele encabeça uma numerosa equipe que, entre elenco e equipe técnica, possui aproximadamente 100 pessoas. Muitas delas, inclusive, participaram da primeira encenação, em 1988.

Criado em família de tradição católica, Yuri, que é filho do também artista plástico Ivan Cruz, conhece bem de perto os princípios dos ensinamentos cristãos e as passagens narradas no espetáculo. O ator garante que apesar de não ser a primeira vez que dá vida ao ícone máximo do Cristianismo, a sensação é sempre diferente.

– Dá uma ansiedade por se tratar de um papel muito importante. Dá muita expectativa tanto para quem atua como para quem assiste e isso traz uma grande responsabilidade. Não é um simples espetáculo, é evangelização. Tem que ter visão técnica da história, mas também trazer os valores – pondera.
Este ano, a Prefeitura volta a apoiar o evento após não fazê-lo em 2016 sob a alegação da crise financeira. Pela estrutura montada, o retorno será em grande estilo para o público, estimado em 30 mil pessoas. Ao todo, serão seis palcos que retratarão o palácio de rei Herodes; a Santa Ceia; o Sinédrio; o palácio de Pôncio Pilatos; o local da crucificação e, a parte mais esperada, a subida de Cristo ressuscitado aos céus. Cheia de efeitos especiais e fogos, a parte mais emocionante da apresentação acontece no Morro da Guia.

Para Yuri, os momentos de fé e esperança vividos pelo público durante o espetáculo devem servir também como reflexão sobre um mundo onde cada vez mais o ódio e a injustiça tomam o lugar da paz e da fraternidade.

– A grande lição do espetáculo é o amor e a doação ao próximo. Jesus morreu por nós, que é o maior exemplo de amor e doação que existe – ensina.

Leia também:

Esquema especial de trânsito da Prefeitura para Semana Santa já está em vigor