Assine Já
quarta, 28 de julho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46056 Óbitos: 1864
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12562 754
Iguaba Grande 4756 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
FIO DE ESPERANÇA

Governo do Estado vira ‘boia de salvação’ para pagamento do 13º salário em Cabo Frio

Município pede antecipação de R$ 40 milhões em receitas para pagar servidores até 20 de dezembro

28 novembro 2019 - 19h41Por Rodrigo Branco

Cada vez mais pressionada pelo funcionalismo com relação ao pagamento do décimo terceiro salário, a Prefeitura de Cabo Frio recorreu ao Governo do Estado na tentativa de quitar o compromisso dentro do prazo legal, ou seja, em 20 de dezembro. O município pleiteia o adiantamento de R$ 40 milhões a título de adiantamento de receitas. O pedido de adiantamento – na prática, um empréstimo – é intermediado pela Associação Estadual de Municípios (Aemerj). 

De acordo com o secretário de Fazenda, Clésio Guimarães, a alternativa passou a ser mais provável, dada a dificuldade de concretizar a antecipação das parcelas trimestrais dos royalties de 2020, conforme a Folha publicou em primeira mão no começo do mês. Desde aquela ocasião, não houve avanços para a contratação da instituição que iria ao mercado financeiro na tentativa de concretizar a operação, dando como garantia os recursos compensatórios calculados pela Agência Nacional de Petróleo (ANP) e pagos pelo Tesouro Nacional. 

O possível êxito na operação é praticamente a última chance para o município encerrar o ano com o caixa oxigenado. De outro lado, os servidores, sobretudo os da Educação, pressionam pelo pagamento e, inclusive, ameaçam não fechar as notas e diários dos alunos, caso não o direito trabalhista não seja pago no prazo. 

Apesar de haver uma decisão judicial que obriga o município a pagar o salário de todos os funcionários até o quinto dia útil, sob pena de multa diária de R$ 100 mil para o prefeito Adriano Moreno (DEM), Clésio já antecipou que o pagamento do mês de novembro será fracionado, como tem sido rotina ao longo deste ano. O calendário de pagamento será divulgado hoje, mas o escalonamento será semelhante aos últimos meses.

– Dos aposentados fizemos o depósito hoje (ontem) e eles vão receber amanhã (hoje). A gente vai cumprir o calendário como vem sendo feito, de acordo com a disponibilidade de recursos. A partir de janeiro, acho que a gente consegue respirar melhor por causa do IPTU para, em fevereiro, a situação ficar bem mais tranquilo – aponta Clésio. 

Enquanto não consegue uma solução para fechar o ano sem dívidas com o funcionalismo, o governo tem um alento. Anteontem, o município recebeu R$ 12,4 milhões referentes à cota mensal de novembro dos royalties. Isso representa um aumento de 5,2% em relação à parcela recebida em outubro. Ao todo, Cabo Frio atingiu a marca de R$ 165 milhões em royalties, contando as participações especiais, recebidos no ano de 2019. 

Fim dos boletos do IPTU

Aposta da Secretaria de Fazenda para colocar as finanças municipais dos trilhos, o IPTU terá novidades para o ano que vem. O boleto físico enviado para as casas dos contribuintes será abolido. Agora, será enviado pelos Correios apenas um formulário, com o passo a passo para o contribuinte entrar no sistema. Com ele, o imposto poderá ser pago em cota única, com desconto de 10%, até 31 de janeiro. Caso opte pelo parcelamento, o cidadão terá que entrar no sistema ou ir até a Secretaria de Fazenda.

A partir de 2 de janeiro, também serão montados postos de atendimento avançado da Secretaria de Fazenda nos shoppings Park Lagos e UnaPark, em Tamoios. A estimativa é que haja uma economia da ordem de R$ 300 mil sem a emissão e o envio dos boletos físicos.

– Nós estamos fazendo o que outros municípios, como Casimiro de Abreu, já fazem. É uma medida ecológica, mas também financeira – afirma Clésio.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.