Assine Já
sábado, 25 de setembro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
17ºmin
Coluna

A ansiedade do CNPJ

19 junho 2021 - 18h19


Você começou a empreender para ser livre, então por que você mesmo cria suas prisões? Você está sabotando a sua própria liberdade.

Eu, assim como a maioria de vocês, encontrei no empreendedorismo o meu grito de liberdade. Um lugar para eu me expressar, mostrar o que eu acredito, trabalhar com o que eu amo, fazer a minha rotina, ganhar o meu próprio dinheiro, etc. Mas é claro que junto com todos esses benefícios vêm também a sabotagem e a dificuldade de lidar com o fato de ser livre. 
Me lembro como se fosse hoje quando terminei o cadastro da minha empresa e li os números do meu recém-criado CNPJ. A sensação era de que agora, mais do que nunca, era oficial e nada no mundo poderia me parar. Quase como num filme (daqueles bem piegas), olhei para o horizonte e não vi limites para o que eu poderia conquistar com a minha força de vontade. Mas ser livre é muito mais difícil do que parece. 

Ser empresário no Brasil é uma das tarefas mais difíceis que existem, e os empresários da nossa cidade podem confirmar o que eu digo. Independente do ramo em que atue, seja no setor de bares e restaurantes, como profissional de eventos, como artesão, dono de loja ou (coloque a sua área de atuação aqui), além de toda a burocracia que é inerente à atividade, cada um tem sua própria trajetória a percorrer, sua história para carregar, suas lutas para vencer e seus medos para lidar. 

Depois que a euforia do nascimento da sua empresa passa, as responsabilidades e as cobranças tomam conta da sua rotina. Se você está lendo esse texto e se encontra nesse ponto da sua carreira de empreendedor(a), preciso te avisar logo: a vida não está nem aí para o seu planejamento. Porque a vida acontece sem olhar para a sua agenda do dia. Ela não está nem aí se hoje era o dia de você resolver coisas no banco, se você precisa de inspiração para terminar um job ou se você acordou doente e não pode ir na reunião. Quanto antes você aceitar isso, melhor você vai lidar com frustrações, imprevistos e a vida de forma geral. 

E como se isso não bastasse, terão dias que você vai querer jogar tudo pro alto e voltar a dormir, em outros você vai se questionar se estava louco quando decidiu tomar esse caminho e em vários momentos você terá que lidar com suas inseguranças. Comparação, perfeccionismo, autocobrança, medo do julgamento alheio… todas essas são formas que a sua própria mente encontra de te limitar e de te prender em um padrão. Não adianta nada não ter um chefe se você é duro e injusto consigo mesmo. 

Ninguém te conta mas ser livre não é fácil. Por isso, eu quero te propor essa reflexão: será que você não está criando suas próprias prisões? Ser livre não é só sobre ser seu próprio chefe. Liberdade tem haver com a consciência de ser. A partir do momento em que você sabe o que você é, tomar decisões fica mais fácil, a rotina fica mais leve e você se permite agir para mudar quantas vezes achar necessário. É possível chegar lá (independente de onde seja “lá” para você).