sexta, 24 de maio de 2024
sexta, 24 de maio de 2024
Cabo Frio
26°C
Park lagos
Park Lagos 2
Coluna

Vândalos bolsonaristas precisam ser punidos

27 janeiro 2023 - 13h45

O 8 de janeiro de 2023 entra para a história como um dia de atentado à democracia, ao patrimônio e à soberania do povo brasileiro. Uma minoria inflada pelos generais e empresários golpistas invadiu Brasília com aval do governador do Distrito Federal e da Polícia Militar. Mesmo depois de Lula ter tomado posse, parte da base bolsonarista mais raivosa e cega de ódio se organiza para tentativas golpistas, desde os acampamentos em frente às bases militares (como vimos na base de São Pedro) até o planejamento de atentado com bombas no aeroporto de Brasília em pleno Natal. Todos esses ataques foram financiados com dinheiro público e com o apoio de grandes empresários.

A cada dia fica mais difícil para os fascistas inventar narrativas para esconder da população o viés antidemocrático de Bolsonaro e seu bando. O povo brasileiro rapidamente respondeu ao golpismo nas ruas, com os atos puxados pelo movimento social de forma emergencial pro dia 09 de janeiro. A população mostrou sua indignação e que não aceita uma outra ditadura no Brasil. Na nossa região, dezenas de pessoas se reuniram em frente ao antigo convento, em Cabo Frio, para defender a democracia. Demos resposta à altura para meia dúzia de habitantes da Região dos Lagos que apareceram em filmagens no Distrito Federal, orgulhosos de estarem participando de um dos episódios mais vergonhosos de nossa história.

Lula, por sua vez, endossa medidas importantes tomadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e de forma assertiva decretou a intervenção federal em Brasília. Medidas importantes para punir os golpistas. O apoio popular fortalece essas decisões. Devemos continuar mobilizados para que realmente haja essa punição aos golpistas.

O momento é de fortalecimento da nossa democracia e de escracho aos golpistas. Para combater com mais força a narrativa derrotada nas eleições devemos crescer o trabalho de base organizado para os bairros da nossa região, com o objetivo de enfrentar a desinformação que sustenta o bolsonarismo. Também precisamos expor e exigir punição para todo indivíduo que participou desse ato criminoso e transita normalmente em nossa região.

Não podemos nos acostumar com a barbárie. Foram quatro anos de governo fascista, quase 700 mil mortes de Covid, destruição de inúmeras políticas públicas, voltamos ao mapa da fome mundial e a ser chacota na política externa.

O momento é de fortalecer a participação popular pela esquerda e lutar por avanços no Brasil. Prisão para Bolsonaro e todos os golpistas! Sigamos na construção de uma democracia cada vez mais participativa e do poder popular.