Assine Já
sexta, 26 de fevereiro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26253 Óbitos: 906
Confirmados Óbitos
Araruama 6711 182
Armação dos Búzios 3187 32
Arraial do Cabo 844 37
Cabo Frio 7166 347
Iguaba Grande 2484 54
São Pedro da Aldeia 3486 126
Saquarema 2375 128
Últimas notícias sobre a COVID-19
dilma

Dilma: "corte no Orçamento será o necessário para ajustar contas públicas"

Anúncios do corte no orçamento será para quarta-feira (21)

19 maio 2015 - 15h00
Dilma: "corte no Orçamento será o necessário para ajustar contas públicas"

A presidenta Dilma Rousseff disse hoje (19) que o governo fará "o contingenciamento necessário” do Orçamento para garantir o equilíbrio das contas públicas. O anúncio dos cortes no Orçamento será na próxima quinta-feira (21) e a expectativa é que variem entre R$70 bilhões e R$ 80 bilhões.

“Nós faremos o contingenciamento necessário. É um contingenciamento que tem de expressar a situação fiscal que o país vive. Então, será um contingenciamento necessário”, adiantou em entrevista após assinatura de acordos com o primeiro-ministro da China, Li Keqiang, que está em visita oficial ao Brasil.

“Podem ter certeza que nem excessivo, porque não tem porquê; nem flexível demais, nem frágil demais, que não seja aquele necessário para garantir que as contas públicas entrem nos eixos”, disse.

O governo ainda negocia a votação de medidas do ajuste fiscal na Câmara dos Deputados para definir a dimensão dos cortes no Orçamento, entre elas o projeto de lei que trata da desoneração da folha de pagamento das empresas, e a Medida Provisória 668, que aumenta as alíquotas de PIS e Cofins sobre importação.