sexta, 19 de julho de 2024
sexta, 19 de julho de 2024
Cabo Frio
19°C
Park Lagos
Park Lagos 2
Geral

Sindicatos fazem jogo duro e reprovam proposta do governo

Categoria decide por paralisação de 24 horas no próximo dia 9

03 maio 2019 - 09h45
Sindicatos fazem jogo duro e reprovam proposta do governo

Em assembleia realizada na noite de anteontem, em pleno feriado do Dia do Trabalhador, os servidores municipais de Cabo Frio rejeitaram a proposta feita pelo governo de recomposição das perdas salariais com a inflação entre junho de 2015 e abril de 2019, que ficou em 22%. Representantes sindicais e o prefeito Adriano Moreno (Rede) já haviam se encontrado por três horas na segunda-feira para negociar.

O governo acenou com a reposição de 5% (2% em maio e 3% em agosto), descongelamento imediato do triênio e a renegociação, em setembro, dos 17% restantes e de outras reivindicações da categoria, como o descongelamento dos enquadramentos do PCCR e criação de lei estabelecendo a forma definitiva de cálculo das reposições inflacionárias para vigorar na data-base de abril do ano que vem.

Na assembleia foi elaborada uma contraproposta, que prevê o descongelamento do Piso Municipal de Referência Salarial, sendo R$ 984 neste mês; R$ 1.012,00 em agosto deste ano; R$ 1.092,00 em novembro deste ano e R$ 1.116,45 em janeiro do ano que vem; descongelamento dos triênios e dos enquadramentos do PCCR em maio deste ano.

Além disso, foi convocada uma paralisação de 24 horas na próxima quinta-feira, com ato de protesto às 9h em frente à Secretaria de Fazenda; e ato público às 14h em frente à Pre- feitura com Assembleia Geral às 16h.