Assine Já
sexta, 23 de outubro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 9379 Óbitos: 483
Confirmados Óbitos
Araruama 1907 110
Armação dos Búzios 579 10
Arraial do Cabo 283 15
Cabo Frio 3081 168
Iguaba Grande 824 38
São Pedro da Aldeia 1446 69
Saquarema 1259 73
Últimas notícias sobre a COVID-19
cancela preta

Preso grupo de Cabo Frio acusado de fazer família refém em Macaé

O assalto à residência de um empresário ocorreu no bairro nobre de Cancela Preta

23 maio 2014 - 15h02
 Preso grupo de Cabo Frio acusado de fazer família refém em Macaé
Policiais do 32º BPM, de Macaé prenderam na madrugada desta sexta-feira (23), um grupo acusado de manter uma família refém, na Rua Antenor Tavares, no bairro Cancela Preta, naquele município. Os cinco integrantes são de comunidades de Cabo Frio e São Pedro da Aldeia.
Uma das vítimas, um conhecido empresário da cidade, foi rendida pelos suspeitos, que estavam em um Ecosport placa HJT-5980, quando estacionava o carro na garagem.  A vítima falava pelo celular com a cunhada, que ao perceber a ação dos criminosos, chamou a polícia. Um cerco foi montado no local  e  os sequestradores chegaram a atirar, numa ttentativa de fugir, mas após rápida negociação, se renderam. No momento do crime, além do empresário, também estavam em casa sua mãe, a mulher e a filha.
Três dos suspeitos são de Cabo Frio: Leonardo Jonas Bento,  27, de Unamar, no segundo distrito; Samuel Rocha Borges, 19, de Aquárius, também no segundo distrito e Sávio da Conceição dos Santos, 19, do Jardim Primavera, Cabo Frio. Os demais, Caio Vinicius Tavares da Silva, o ‘C.I.’, 20, e Jeferson da Silva Nogueira, 18, do Porto do Carro, em São Pedro da Aldeia.
Foram apreendidas com a quadrilha duas pistolas 9 milímetros; 39 munições e três carregadores do mesmo calibre; um revólver calibre 38, com seis munições e dois celulares. Os acusados foram levados para a 123ª (Macaé), onde ficaram presos. Sávio já tinha passagem por porte ilegal de arma de uso restrito e tráfico de drogas e ‘C.I.’, também por tráfico