Assine Já
quarta, 04 de agosto de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46659 Óbitos: 1894
Confirmados Óbitos
Araruama 11510 362
Armação dos Búzios 5522 58
Arraial do Cabo 1591 88
Cabo Frio 12723 768
Iguaba Grande 4824 117
São Pedro da Aldeia 6240 275
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
CORTE DE GASTOS

Prefeitura volta atrás e anuncia suspensão de contratos restrita à Educação

Também haverá exoneração de cargos comissionados e cancelamento de licitações por causa da queda na arrecadação

29 abril 2020 - 19h45Por Redação

Uma hora após divulgar que demitiria todos os funcionários contratados de forma temporária na administração municipal, a Prefeitura de Cabo Frio voltou atrás e afirmou que os desligamentos acontecerão somente na Educação. Também haverá exoneração de cargos comissionados e cancelamento de licitações em toda a administração pública direta e indireta em virtude da ausência de recursos financeiros.

Em nota, a Prefeitura afirmou que "terá que tomar medidas drásticas para manter o funcionamento da máquina pública". "A perda financeira totalizou 70% na entrada de recursos próprios e 23% nos royalties do petróleo, sendo a menor renda mensal dos últimos anos", diz o texto.

“A queda da arrecadação foi muito maior do que a prevista. Penso todos os dias nas famílias que sofrerão com a perda do posto de trabalho, mas não tenho outra escolha. É muito sofrido para mim, como prefeito, ter que tomar uma decisão como esta”, declarou o prefeito Adriano Moreno.

De acordo com a coordenadora-geral do Sindicato dos Profissionais da Educação de Cabo Frio (SepeLagos), Cíntia Machado, a decisão vai causar uma 'catástrofe social' na cidade. A sindicalista criticou o governo por chegar a emitir um comunicado dizendo que não haveria demissões no setor.

– Nesta semana já havíamos solicitado audiência virtual com o secretário de educação e, na pauta, estava a questão dos contratados, pois já haviam problemas em relação aos que ainda não haviam sido contratados para este ano letivo. Acabamos de receber a notícia e comunicar o departamento jurídico, que tem mantido contato com o Ministério Público do Estado do Rio em relação às demissões nos outros municípios e não fará diferente em Cabo Frio – anunciou a coordenadora do Sepe Lagos. 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.