Assine Já
quarta, 20 de outubro de 2021
Região dos Lagos
19ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
FLEXIBILIZAÇÃO CONFIRMADA

Prefeitura de Cabo Frio inicia reabertura gradual do comércio na segunda-feira (4)

Decreto assinado pelo prefeito Adriano Moreno permite funcionamento de outros tipos de estabelecimentos, além dos considerados essenciais

30 abril 2020 - 17h57Por Rodrigo Branco

O comércio de Cabo Frio começará a ser reaberto gradualmente a partir da próxima segunda-feira (4). O prefeito Adriano Moreno (DEM) assinou nesta quinta-feira (30) um decreto (nº 6242), que relaxa as medidas de restrição ao funcionamento dos estabelecimentos comerciais na cidade. O documento institui o Plano Estratégico de Retomada Gradativa das Atividades Econômicas do Município de Cabo Frio.

Desta forma, no começo da próxima semana, além do comércio considerado essencial, como supermercados, padarias e farmácias, poderão retomar as atividades as óticas; escritórios de profissionais liberais; imobiliárias e administradoras de imóveis; serviços de corretagem de imóveis e seguros; lojas de material de construção, ferragem e de equipamento de proteção individual; borracharias e oficinas mecânicas.

Segundo o decreto, os estabelecimentos comerciais e escritórios poderão funcionar das 8h às 16h. Em particular, as óticas deverão funcionar com sistema de agendamento. Um cliente deverá ser atendido por vez, e os equipamentos higienizados a cada atendimento. De modo geral, a permissão para que os estabelecimentos funcionem está condicionada à adoção de medidas de segurança e higienização, como a proibição de entrada de clientes sem máscaras, a disponibilidade de equipamentos de proteção para os funcionários e de álcool gel ou 70 para os clientes. Entre outras obrigações, estão ainda a disponibilidade de lixeiras para descarte de máscaras e a proibição de aglomeração no interior dos estabelecimentos.

Em entrevista ao jornalista Sidnei Marinho, da TV Litoral News, na última segunda-feira (27), o prefeito já havia antecipado a possibilidade de flexibilizar as medidas de isolamento social, mediante um avanço mais lento da epidemia de novo coronavírus no município. Adriano afirmou que o Gabinete fará avaliações periódicas do cenário da saúde e, dependendo da evolução da epidemia, o governo pode rever o relaxamento.

–  Fazemos estudos semanais. Se nossa curva se mantiver como está, vamos aumentar flexibilidade. Se vermos que a curva começou a subir, vamos ter que dar um passo atrás. Vamos trabalhar em cima de dados científicos. Já estamos no estágio que precisamos fazer flexibilização. Não é para pessoas irem à praia, achar que estão de férias. É para fazer com que que a economia comece a movimentar – disse na ocasião.

Segundo a Folha apurou nos bastidores do meio empresarial da cidade, há conversas para que outros segmentos comerciais tenham o funcionamento liberado a partir do dia 11, caso não haja evolução considerada significativa no número de casos no município.

A flexibilização em Cabo Frio vai na contramão da política adotada pelo Governo do Estado e de municípios vizinhos. O governador Wilson Witzel (PSC) anunciou nesta quinta que as medidas de quarentena serão estendidas até o próximo dia 11. Por sua vez, o secretário estadual de Saúde Edmar Santos não descartou a possibilidade de o estado decretar ‘lockdown’ (isolamento total e restrição máxima de circulação) por conta da sobrecarga no sistema de Saúde por causa do tratamento de pacientes de Covid-19. Também nesta quinta, a Prefeitura de Araruama anunciou o endurecimento nas regras de funcionamento do comércio, uma semana após decretar rodízio para os estabelecimentos não essenciais.

O decreto de reabertura gradual do comércio também ocorre no dia em que o município registrou a quarta morte pela doença, de uma mulher de 47 anos. Segundo o boletim divulgado pela Secretaria municipal de Saúde nesta quinta, Cabo Frio tem 32 casos confirmados de Covid-19 e 143 pacientes aguardando resultados de testes.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.