Assine Já
quarta, 03 de março de 2021
São Paulo
39ºmax
24ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26964 Óbitos: 928
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3248 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7480 357
Iguaba Grande 2552 58
São Pedro da Aldeia 3575 126
Saquarema 2451 134
Últimas notícias sobre a COVID-19
nicia

Leitores elogiam o Whatsapp da Folha

Canal de interatividade faz sucesso

25 julho 2014 - 15h36Por Nicia Carvalho

Que a internet mudou, para melhor, a forma de as pessoas se comunicarem, quase ninguém discorda. Tudo ficou mais rápido, fácil, imediato e prático. Essas foram algumas das vantagens que a reportagem da Folha dos Lagos ouviu dos leitores nas ruas sobre a iniciativa do jornal de abrir um canal mais direto do leitor: o Whatsapp do jornal.

O aplicativo vem rendendo bons frutos. Três reportagens já foram feitas com a colaboração do leitor, que envia textos, fotos e vídeos. A leitora Tayani Santos, 16, destaca a vantagem de uma ferramenta multimídia.

– Todo mundo hoje em dia tem essa ferramenta. É a primeira a ser baixada no celular. Facilita demais, é muito imediato – opinou.

A vendedora Laís Paixão, 19, não abre mão do aplicativo.

– É muito legal o jornal ter uma ferramenta assim. Tudo hoje gira na internet, e o aplicativo faz com que as informações cheguem mais rápido – comentou.

O estudante Bryan Gomes aposta na tecnologia para o sucesso de qualquer iniciativa.

– Quem não tem uma ferramenta dessas hoje em dia? Se não tem, não acompanha a evolução. É o melhor recurso para o jornal receber informações ou denúncias vindas do leitor – analisou.

Os amigos Vitor Dias, 17, e Igor Vicente, 16, afirmam que não passam um dia sem usar o aplicativo e aprovam a inciativa do jornal.

– É maneiro porque, além de receber informações, pode ajudar as pessoas – opinou Igor.  

– O fato de poder ter um canal com o jornal é muito legal – comentou Victor.

Matérias – Uma das primeiras reportagens do jornal com o auxílio do aplicativo foi  justamente sobre solidariedade. Amigos de Josiane Conceição – moradora de São Pedro da Aldeia que está internada em estado grave no CTI do Hospital Santa Izabel, em Cabo Frio, pelo SUS – realizaram campanha de doações de alimentos e roupas para Sofia, de 4 anos, filha da paciente. O pedido foi feito por meio do Whatsapp da Folha (22 99971-7556) para que a campanha ganhasse mais adeptos.

Em outra reportagem, um leitor de Araruama, Ananias Pedro da Silva Junior, denunciou o abandono e descaso da prefeitura com a Rua Nicarágua. Em São Pedro da Aldeia, outra denúncia de precariedade de serviços públicos nas ruas. Segundo moradores, as ruas Tainha e Dourados ficam intransitáveis em períodos de chuva. Procurado pela Folha, o secretário de Urbanismo e Habitação, Wilmar Mureb, disse que as vias receberão benefícios apenas em 2015, mas prometeu medida preventiva.