Assine Já
sábado, 23 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21896 Óbitos: 720
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 2221 110
Últimas notícias sobre a COVID-19
PEGOS DE SURPRESA

Hoteleiros criticam nova proibição de ônibus de turismo em Cabo Frio

Grupo emite ‘nota de descontentamento’ e vai se reunir com prefeito Adriano Moreno na tarde desta quinta (20)

20 agosto 2020 - 09h50Por Redação

Foi imediata a reação do segmento de hotelaria de Cabo Frio ao decreto da Prefeitura que cancelou a permissão para a volta dos veículos de turismo à cidade a partir de 1º de setembro. Ainda na noite desta quarta-feira (19), o movimento ‘SOS Hotéis de Cabo Frio’, composto por cerca de 100 empresários do setor emitiu uma ‘nota de descontentamento’ quanto ao recuo do governo municipal. Os proprietários de meios de hospedagem conseguiram uma reunião com o prefeito Adriano Moreno (DEM) na tarde desta quinta-feira (20), quando levarão propostas elaboradas em uma reunião do segmento, marcada para as 10h.

Os hoteleiros chegaram a marcar uma manifestação na porta da Prefeitura, nesta manhã, mas desistiram após conseguirem marcar a audiência com o prefeito. Os empresários alegam que o governo baixou o decreto de proibição sem ouvir o segmento e que sentem prejudicados por já terem vendidos pacotes para o feriadão da Independência, no mês que vem, baseado na liberação anterior. De acordo com o setor, falta transparência do governo quanto À situação epidemiológica da cidade.

“De acordo ao Decreto Municipal 6.305 de 31/07/20 no seu artigo segundo, os ônibus de excursão estariam liberados de acessar a cidade a partir de 01/09, desde que a situação epidemiológica não piorasse. Os números da COVID desde então, se mostravam estáveis, o que possibilitou a diversos meios de hospedagem vender grupos para o feriado de 07/09 que se aproxima. Porém, desde 12/08 a Prefeitura não divulga estes números que possibilitam o planejamento das empresas. Ocorre que, em 19/08, em novo Decreto, a Prefeitura sem discutir ou comunicar ninguém previamente, proibiu o acesso destes ônibus de excursão. Diante disso, os empresários pugnam por respeito e comunicação. Somos geradores de emprego e renda, pagadores de impostos. Gerimos nossos negócios na forma da lei, com profissionalismo, apoiando nossas decisões em estudos e previsões. Não trabalhamos com “achismos” ou “chutes”, pois famílias dependem de nossos resultados”, diz trecho da nota, assinada pelo presidente da Associação de Hotéis de Cabo Frio, Carlos Cunha.

Segundo o decreto de proibição de entrada dos veículos de turismo, a justificativa para a decisão é que há um “aumento acentuado do número de pessoas infectadas” pela Covid-19 em outros estados do país e que a entrada de turistas, provindos desses estados, “poderá comprometer as ações de combate e enfrentamento ao coronavírus que vem sendo desenvolvidas no Município de Cabo Frio, desde março de 2020”.

Segundo o documento, o cenário epidemiológico do Brasil ainda causa preocupação “diante do número crescente de óbitos por Covid-19” e quem, por isso, é importante resguardar a saúde da população cabofriense.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.