Assine Já
terça, 27 de julho de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46056 Óbitos: 1864
Confirmados Óbitos
Araruama 11325 353
Armação dos Búzios 5456 57
Arraial do Cabo 1564 87
Cabo Frio 12562 754
Iguaba Grande 4756 114
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
TAPA-BURACOS

Depois de reclamações, recapeamento de acessos ao Peró é retomado

Obras estavam paralisadas desde dezembro, antes dos festejos de fim de ano

04 fevereiro 2020 - 19h52Por Paulo Roberto Araujo (colaborador)

Paralisadas desde meados de dezembro, as obras de recapeamento asfáltico do acesso ao Peró, em Cabo Frio, foram retomadas nesta segunda-feira após vários protestos de moradores e turistas por causa dos buracos nas proximidades da praia. O serviço foi retomado na Avenida dos Pescadores, no trecho entre as Ruas Piloto e Agulha, e devem chegar à orla antes do Carnaval.

Segundo os supervisores da obra, está sendo colocada uma camada de quatro centímetros de asfalto. A Prefeitura não atendeu ao pedido dos moradores para fazer uma nova rede de drenagem, mas decidiu fazer um dreno lateral, nos dois sentidos, para melhorar o escoamento da água.

-- A obra é fundamental e é uma antiga e permanente luta da comunidade, pois a acessibilidade é um dos requisitos para manter a certificação da Bandeira Azul para o Peró – lembrou Machado Silva, dos Amigos do Peró.

As obras foram interrompidas antes do Natal por causa das férias coletivas dos funcionários da usina de asfalto. Depois, a prefeitura alegou falta de massa asfáltica e as chuvas constantes para justificar a demora na retomada das obras. O recapeamento está sendo feito em trechos (alguns em bom estado não estão recebendo asfalto novo), da Gamboa até a Orla do Peró.

-- O recapeamento é importante e chegou tarde, pois a situação das vias de acesso era deplorável. A comunidade do Peró tentou em vão, por duas vezes, uma audiência com o prefeito Adriano Moreno. A grande reivindicação é um novo acesso ao bairro, pois o atual, pela Gamboa e pelo Jacaré, é péssimo – disse o corretor de imóvel Jorge Murilo de Oliveira.

Responsável pelo Espaço Comunidade, que também lutou pelas obras de recapeamento, Elias Fernandes reclamou a limpeza urgente dos bueiros e da rede de escoamento de águas pluviais da Avenida dos Pescadores próximo ao Shopping do Peró:

-- As ruas ficaram intransitáveis nas últimas chuvas. A água não escoou e ficou tudo inundado – lembrou o líder comunitário, que também cobrou a sinalização viária, principalmente no entorno da Praça do Moinho.

Durante a execução das obras, os motoristas precisam ficar atentos porque o tráfego vai fluir em meia pista.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.