Assine Já
terça, 11 de agosto de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
15ºmin
Alerj
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 4925 Óbitos: 287
Confirmados Óbitos
Araruama 820 56
Armação dos Búzios 372 9
Arraial do Cabo 120 12
Cabo Frio 1661 97
Iguaba Grande 334 23
São Pedro da Aldeia 754 39
Saquarema 864 51
Últimas notícias sobre a COVID-19
FECHADO PARA COLETA

Cabo Frio promete pagar parte de dívida com Hemolagos na segunda-feira

Também inadimplentes, Arraial e Saquarema não deram data para regularizar repasses; enquanto isso, coleta segue interrompida

31 julho 2020 - 17h47Por Rodrigo Branco

A Secretaria Municipal de Saúde de Cabo Frio prometeu pagar até a próxima segunda-feira (3) uma parte da dívida que tem com o Hemolagos, único banco de sangue da região e que atende a nove municípios da Baixada Litorânea. A inadimplência de Cabo Frio e dos municípios de Arraial do Cabo e de Saquarema impediu a compra de bolsas de coleta e, desta forma, o serviço está paralisado desde quinta-feira (30).

O governo de Cabo Frio justificou a falta dos repasses pelo fato de o município atravessar ‘grave crise financeira’; mas disse que vai autorizar a quitação de uma das três parcelas que estão em atraso, no começo da próxima semana. A Secretaria de Saúde afirmou ainda que ‘fará o possível’ para pagar outras parcelas até 31 de agosto.

Por ter a maior população, proporcionalmente, Cabo Frio é o maior contribuinte para o funcionamento do Hemolados, mas, de acordo com o diretor da unidade, Marcelo Paiva Paes, o município está inadimplente com o banco de sangue há mais de três anos e a dívida ultrapassaria os R$ 700 mil. Segundo Paiva Paes, no último mês, nem mesmo a verba do SUS, enviada pelo Ministério da Saúde por meio de uma conta de Cabo Frio, foi repassada, porém, a Prefeitura garantiu que este pagamento está em dia.

Se Cabo Frio estipulou prazos para acabar com o débito junto ao Hemolagos, as prefeituras de Arraial do Cabo e Saquarema foram vagos nas promessas. O município cabista informou que a previsão é de que, a partir deste mês, os repasses para o banco de sangue sejam normalizados. Por sua vez, a Prefeitura de Saquarema não estipulou qualquer prazo e se limitou a dizer que ‘está tomando medidas e providências para resolver o problema o mais rápido possível’.

Enquanto a questão financeira não é solucionada, a unidade segue fechada para fazer coleta de sangue, embora o fornecimento das bolsas armazenadas no estoque esteja normal. A expectativa da direção é que a unidade seja reaberta já na segunda-feira (3).

Nesta sexta-feira (31), em outra frente para tentar normalizar o funcionamento do Hemolagos, o deputado estadual Serginho Azevedo (Republicanos) informou que fez um pedido junto ao Governo do Estado para que o Hemorio forneça bolsas para o banco de sangue da Região dos Lagos.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.