Assine Já
quinta, 17 de junho de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 42971 Óbitos: 1659
Confirmados Óbitos
Araruama 10577 334
Armação dos Búzios 5176 57
Arraial do Cabo 1486 82
Cabo Frio 11408 615
Iguaba Grande 4427 107
São Pedro da Aldeia 5868 254
Saquarema 4029 210
Últimas notícias sobre a COVID-19
TEMPORADA 2021/2022

Júri nacional aprova continuidade da Bandeira Azul no Peró

Resultado será apresentado ao júri internacional do programa em outubro

08 junho 2021 - 09h44Por Redação

A Bandeira Azul tem tudo para continuar sendo desfraldada em 2022 na Praia do Peró, em Cabo Frio. A certificação internacional de qualidade foi aprovada pelo júri nacional do programa para a temporada 2021/2022. Com a participação do Ministério do Turismo, os jurados aprovaram 28 praias (duas a mais do que no ano passado) e seis marinas. O resultado será levado ao júri internacional em outubro, em Copenhague (Dinamarca), que em geral aprova a escolha dos júris nacionais.

Com 7,2 quilômetros de extensão, a Praia do Peró está livre de poluição ambiental, a principal exigência para a conquista da Bandeira Azul. Também são analisados outros requisitos, como acessibilidade, segurança pública e dos banhistas, envolvimento da comunidade e turismo sustentável. O selo internacional foi resultado de uma luta do movimento Amigos do Peró, com apoio da Prefeitura de Cabo Frio.

O ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, disse que a ampliação de praias certificadas com a Bandeira Azul é resultado do sucesso da caminhada para o desenvolvimento ambiental e sustentável dos destinos:

Temos um dos mais belos litorais do mundo, somos o segundo país em atrativos naturais, e esse aumento só comprova o trabalho que está sendo realizado no sentido de estruturar e aprimorar os nossos destinos para uma melhor experiência por quem passar pelo nosso país destacou.

Um dos objetivos do programa Bandeira Azul é elevar o grau de participação da sociedade e dos empresários quando à necessidade de proteger ambientes marinhos, incentivando a realização de ações que conduzam à resolução dos problemas existentes na busca da qualidade e proteção ambiental. Na segunda-feira, o município e o estado anunciaram a construção de um Centro de Informações Turísticas no Peró, ao lado da Bandeira Azul. Para garantir a execução das metas, a renovação do certificado é anual.

O júri que avaliou a Praia do Peró é formado por representantes dos ministérios do Turismo, do Meio Ambiente, da Economia e da Educação; Patrimônio da União; Instituto de Ambientes em Rede (IAR); Associação Náutica Brasileira; SOS Mata Atlântica; Agência de Gerenciamento Costeiro; Sociedade de Salvamento Aquático; e, Associação de Órgãos Municipais de Meio Ambiente.

Os Amigos do Peró lutam pela revitalização da orla, com a construção de novos quiosques, e pelo saneamento básico para o bairro, embora não haja risco de os resíduos chegarem à praia. Também pedem que seja revertido para o local recursos do Fundo Municipal do Meio Ambiente e parte da receita do estacionamento privado da Ilha do Japonês e da Praia das Conchas (R$ 25 por carro). A cobrança provoca impacto no trânsito e na conservação da zona urbana do Peró.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.