Assine Já
segunda, 26 de outubro de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 9419 Óbitos: 486
Confirmados Óbitos
Araruama 1914 111
Armação dos Búzios 582 10
Arraial do Cabo 298 15
Cabo Frio 3084 168
Iguaba Grande 826 38
São Pedro da Aldeia 1456 71
Saquarema 1259 73
Últimas notícias sobre a COVID-19
DECEPCIONOU

Hotelaria de Cabo Frio tem movimento abaixo do esperado no feriadão da Padroeira

Mau tempo; pandemia e decisões consideradas tardias da Prefeitura são justificativas

13 outubro 2020 - 20h05Por Redação

A Associação de Hotéis e Turismo de Cabo Frio informou nesta terça-feira (13) que a taxa de ocupação nos meios de hospedagem no período que compreendeu o feriadão de Nossa Senhora Aparecida – entre 10 e 12 de outubro – foi de 60%, índice que é 10% menor do que o que o máximo permitido pela Prefeitura e que havia sido previsto pela entidade na semana passada.

Para o restante da semana, conhecida como ‘Semana do Saco Cheio’, a ocupação deverá ficar em 40%, com pico de 60%, de sexta (16) a domingo (18). Neste período, é grande a presença de turistas de Minas Gerais, onde há feriados locais.

Segundo a Associação de Hotéis, o movimento abaixo do esperado foi explicado pela previsão de mau tempo; pelo momento de pandemia; e pela demora na divulgação das informações sobre acesso a cidade por parte da prefeitura, que emitiu o decreto regendo o funcionamento somente na noite da véspera do feriado.

Pelo levantamento da entidade, a maior parte dos visitantes veio do Rio de Janeiro aos finais de semana e de Minas Gerais durante a semana. As maiores reclamações se deram por conta da aglomeração nas praias, buracos nas ruas e desordem no trânsito.

“Informamos que estamos com operando com 70% de ocupação por força de decreto municipal e seguimos todas as medidas de segurança, saúde e limpeza indicadas pelos órgãos competentes no combate a pandemia”, disse a entidade em comunicado.

Na última quinta-feira (8), a Prefeitura emitiu um decreto que permitiu a entrada de um número limitado de veículos de Turismo e do banho de mar nas praias. Anteriormente, já haviam sido liberados o aumento na ocupação dos leitos de hotel para 70% e o trabalho de vendedores ambulantes e barraqueiros nas praias.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.