Assine Já
sábado, 26 de setembro de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 8076 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1625 102
Armação dos Búzios 483 10
Arraial do Cabo 242 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1323 51
Saquarema 1177 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
AINDA MAIS FLEXÍVEL

Arraial do Cabo libera parcialmente os passeios de barco e de bugre

Decreto de retomada do turismo náutico com 50% da lotação foi publicado nesta terça (1º)

01 setembro 2020 - 20h37Por Redação

A Prefeitura de Arraial do Cabo liberou parcialmente as atividades de turismo náutico, como passeios de barco, mergulho, pesca esportiva; além dos passeios de quadriciclo e bugre. A capacidade ficará restrita a 50% de passageiros, para moradores e turistas que estejam hospedados no município. A medida está no decreto nº3.121, publicado nesta terça-feira (1º) no Diário Oficial. 

Outra novidade é a liberação para entrada nas Prainhas do Pontal do Atalaia e na Praia do Forno, exceto pelas trilhas turísticas. No primeiro caso, está permitida a entrada por meio de táxi e barco táxi e, no Forno, por barco táxi. Estão liberadas, desde que atendendo as recomendações do Decreto nº3.121, a Praia Grande (centro e Distritos), a Prainha, a Praia do Pontal e a Praia dos Anjos.

O decreto mantém ainda a classificação do Município na Zona Cromática Amarela, permanecendo em vigor as barreiras sanitárias. Somente é permitida a entrada de moradores, proprietários de imóveis, prestadores de serviços e turistas com a comprovação de reservas em meios de hospedagem legalizados e contratos de aluguel verificados mediante a apresentação do voucher. As modalidades de turismo city tour, excursões e day use seguem suspensas, assim como a entrada de ônibus, vans e similares, e os eventos em espaços públicos.

A Prefeitura disse ainda que o uso de máscaras de proteção facial permanece obrigatório, sendo proibido o atendimento do cliente que não a esteja utilizando ou que se negue a utilizá-la. A desobediência das normas sanitárias pode resultar em multa de até dez mil UFM, considerando-se a gravidade da infração e a cassação do alvará de funcionamento, em caso de reincidência.

Confira abaixo os prinicipais pontos da nova flexibilização:

- Permitida a retomada das atividades de passeio náutico, mergulho, pesca esportiva, quadriciclo e buggy turismo, respeitando o limite de até 50% da capacidade máxima de passageiros para clientes que comprovem residência ou reserva de hospedagem em Arraial do Cabo.

- Somente podem retomar as atividades as embarcações autorizadas a retomar as atividades são as certificadas e cadastradas pela Fipac, pelo ICMBio e pela Abetepac. 

- Os equipamentos utilizados para a prática das atividades deverão passar por rigoroso processo de esterilização antes e após o uso.

- Fica permitida a comercialização e distribuição de alimentos nas embarcações, vedando-se o consumo na extensão de areia, local onde apenas será permitido aqueles vendidos pelo comércio ambulante.

- As saídas do cais da Marina dos Pescadores deverão observar o limite de 04 barcos por vez e, a partir da Praia, o limite será de duas embarcações.

- A comercialização dos vouchers de passeio de barco deverá ser realizada preferencialmente por meio digital, estando vedada a venda de bilhete náutico nas vias públicas do Município, salvo as comercializadas pelos associados da Abetepac e pelos barcos táxis, observando-se o disposto no art. 2º.

- O uso de máscaras de proteção facial é obrigatório, sendo vedado o embarque do cliente que não a esteja utilizando ou que se negue a utilizá-la. Fica permitida a retirada das máscaras faciais apenas ao mergulhar.

- Fica permitido desembarque de passageiros nas praias da rota de passeios por apenas 15 (quinze minutos).

- Cada agência de turismo que promova qualquer das atividades de que trata este Decreto deverá providenciar um ponto de encontro fora da Marina dos Pescadores, devendo informar à Secretaria de Turismo o local definido com antecedência mínima de 48 (quarenta e oito) horas, a fim de reunir e organizar seus passageiros, adentrando nesta somente no momento do embarque.

Parágrafo único. Não será permitida em qualquer hipótese a permanência de grupos aguardando embarque na Marina dos Pescadores.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.