Assine Já
sábado, 28 de novembro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
Vanderlei Bento

Vanderlei Bento entra na Justiça contra revogação das contas reprovadas de Marquinho na Câmara

Vereador de oposição acusa presidente Aquiles Barreto de "rasgar o Regimento"

31 março 2017 - 09h17Por Redação | Foto: Reprodução de Facebook
Vanderlei Bento entra na Justiça contra revogação das contas reprovadas de Marquinho na Câmara

O vereador Vanderlei Bento (PMB) contestou, esta semana, na Câmara de Cabo Frio e na Justiça, a decisão da Casa de revogar a votação de contas do prefeito Marquinho Mendes (PMDB) no exercício de 2012. No processo enrtegue à 3ª Vara Cível da cidade, o réu é o presidente da Câmara, Aquiles Barreto (SD), quem Vanderlei acusa de ter “rasgado o regimento”.

– Entendo que trata-se de uma ilegalidade. Nesse sentido, acabo de ajuizar ação de anulação de ato administrativo feito pelo presidente da Casa, que rasgou o regimento interno da Câmara, tendo como único objetivo mudar os resultados da judicialização das eleições de 2016 – argumentou Vanderlei.

As contas de Marquinho foram julgadas pela Câmara, na legislatura passada, apesar de haver liminar e decisões judiciais que impediam a votação de acontecer. No ano passado, a defesa do prefeito pediu diversas vezes à Câmara a ata da reunião, mas nunca obteve sucesso. Segundo Aquiles Barreto, a revogação da sessão que reprovou as contas de Marquinho é completamente dentro dos trâmites corretos da Casa Legislativa.

– O que fiz foi dar ao prefeito a defesa que ele precisa ter. Isso foi feito seguindo todos os ritos da Câmara, apesar de o Vanderlei discordar, e foi levado a votação e aprovado. Aquela apreciação não podia ter acontecido daquela forma. Estou tranquilo quanto à transparência do processo – disse Aquiles, por telefone, ontem.