Assine Já
segunda, 01 de março de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
21ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 26824 Óbitos: 919
Confirmados Óbitos
Araruama 6793 183
Armação dos Búzios 3201 32
Arraial do Cabo 865 38
Cabo Frio 7434 352
Iguaba Grande 2529 55
São Pedro da Aldeia 3551 126
Saquarema 2451 133
Últimas notícias sobre a COVID-19
TCE

Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro investiga merenda escolar

Auditoria apura denúncias; Conselho de Alimentação pede ajuda para fiscalizar

09 outubro 2015 - 11h55

O Tribunal de Contas do Esta­do do Rio de Janeiro (TCE-RJ) está fazendo uma auditoria so­bre a merenda escolar em diver­sas cidades do estado, inclusive Cabo Frio. A investigação apura denúncias de irregularidades re­ferentes à inadequação na ofer­ta dos produtos pelas empresas contratadas para a prestação do serviço. Levantamento apontou que as 20 maiores empresas for­necedoras de merenda firmaram contratos com prefeituras que somam cerca de R$ 500 milhões, nos últimos quatro anos. A con­clusão do trabalho está previsto para o fim deste mês.

De acordo com nota do órgão, “a fiscalização foi determinada pelo presidente do Tribunal, Jo­nas Lopes de Carvalho Junior, no dia 10 de setembro, diante das denúncias de irregularida­des veiculadas pela imprensa”. Coincidência ou não , a direto­ria do Conselho de Alimentação Escolar se reuniu com os vere­adores Aquiles Barreto (SD), Adriano Moreno (PPS), Celso Campista (PSB) e Fernando do Comilão (PSDB), no fim da ses­são de ontem da Câmara Muni­cipal para pedir auxílio tanto na fiscalização das verbas federais e municipais, quanto para conseguir audiência com a se­cretária Juciara Noronha.

Sobre as verbas, o Conselho afirma que a Prefeitura não faz o repasse, previsto em lei, da verba de complementação muni­cipal do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Apenas o repasse de R$ 200 mil referente a agosto deste ano foi creditado no início do mês, mas o mesmo montante relativo a se­tembro e outubro ainda não foi pago.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta sexta-feira (9)