Assine Já
domingo, 01 de agosto de 2021
Região dos Lagos
19ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46303 Óbitos: 1873
Confirmados Óbitos
Araruama 11418 357
Armação dos Búzios 5492 58
Arraial do Cabo 1574 87
Cabo Frio 12663 757
Iguaba Grande 4763 115
São Pedro da Aldeia 6144 273
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
FOI PARA CCJ

Testagem de Covid em funcionários de escolas pode se tornar obrigatória em Cabo Frio

Projeto de lei que inclui colégios públicos e privados tramita na Câmara Municipal

23 fevereiro 2021 - 19h28Por Redação

Em breve pode se tornar obrigatória a testagem periódica de professores e demais funcionários das escolas públicas e privadas do município de Cabo Frio para detecção da Covid-19, como medida de controle da pandemia do novo coronavírus. O projeto de lei 052/2021 do vereador Vanderson Bento (PTB) entrou na pauta e foi debatido na sessão desta terça-feira (23).

A medida se aplica a escolas públicas e privadas em funcionamento no município de Cabo Frio, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio. A realização de aulas presenciais somente poderá ocorrer se a escola fizer o teste para detecção da doença a cada quatorze dias em todos os professores e profissionais que trabalham na escola. Além disso, é necessário manter em isolamento de professores e demais profissionais pertencentes a grupos de risco, conforme definido pelo Ministério da Saúde; testar e afastar imediatamente quem apresentar sintomas da doença, dentre outras medidas.

Outro assunto relativo à Covid-19 debatido nesta terça-feira foi a aplicação de multa em quem descumprir a fila de vacinação. O Projeto de Lei 064/2021, de autoria da vereadora Carol Midori, dispõe sobre a aplicação de multa administrativa para quem descumprir a ordem de vacinação dos grupos prioritários, de acordo com a fase cronológica definida nos planos nacional, estadual e/ou municipal de imunização contra a Covid-19. As multas previstas na Lei podem chegar a R$ 50 mil e têm como objetivo coibir a prática de fraudes que vem acontecendo nacionalmente e com isso prejudicando as pessoas mais vulneráveis.

Os dois projetos de lei foram encaminhados à Comissão de Constituição e Justiça (CCJ).

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.