Assine Já
sábado, 11 de julho de 2020
Região dos Lagos
25ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3380 Óbitos: 195
Suspeitos: 344 Confirmados: 3380 Óbitos: 195
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 266 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1035 63
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Servidores criticam falta de posicionamento de vereadores sobre atraso nos salários

Silêncio dos vereadores de Cabo Frio revolta assistência

09 dezembro 2015 - 09h19Por Nicia Carvalho

Sob gritos de “vergonha” e “absurdo”, a assistência da Câ­mara de Cabo Frio, repleta de funcionários do município que ainda não receberam o salário referente a novembro, protestou contra o silêncio dos 15 verea­dores presentes à sessão, ontem. Ao contrário do que o público esperava, ninguém usou a tribu­na. Coincidência ou não, 15 mi­nutos foi também o período que durou a sessão – mais ou menos o tempo de fazer a segunda cha­mada, já que na primeira apenas a Mesa Diretora estava no ple­nário para a leitura da pauta. In­dignados, os manifestantes afir­maram que só deixariam o local após serem ouvidos pelo presi­dente, Marcello Corrêa (PP).

– Ninguém se manifestou. Isso é uma vergonha. Estamos sem receber, a gente também tem contas para pagar, e os vere­adores ficam calados? – dispa­rou uma servidora, que não quis se identificar. De acordo com ela e outros que estavam presentes no protesto, servidores têm sido perseguidos por manifestações contra o Governo Municipal.

Os vereadores deixaram o ple­nário sob protestos da assistên­cia, que criticou o silêncio sepu­cral da Casa sobre os atrasos. O presidente do Sindicato dos Ser­vidores Municipais de Cabo Frio (Sindicaf), Olney Vianna, chegou a afirmar que as reivindicações dos servidores não poderiam ser ignoradas daquela forma.

– Eles não se manifestaram, não deram espaço para nossas demandas. Apesar de a mensa­gem referente ao Ibascaf não ter entrado na pauta do dia, eles também têm que dar explicações sobre os salários – afirmou.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (9)