Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
repasse

Repasse de royalties em Cabo Frio tem aumento de 13%

Secretário afirma que, apesar de aporte, verba não facilita pagamento dos salários

01 agosto 2017 - 07h42Por Rodrigo Branco I Foto: Reprodução
Repasse de royalties em Cabo Frio tem aumento de 13%

 O aumento no repasse dos royal­ties do petróleo para Cabo Frio foi o maior desde fevereiro (R$ 9,08 mi­lhões em julho contra 8,02 milhões em junho), mas nem isso serviu para diminuir a cautela da secretaria mu­nicipal de Fazenda quanto ao paga­mento dos salários de julho do fun­cionalismo.

O secretário Clésio Guimarães Faria espera honrar a folha de paga­mentos até o quinto dia útil do mês, isto é, na próxima segunda-feira, dia 7. ‘Contando moedas’, Clésio disse que aguarda a arrecadação ao longo desta semana para cumprir os com­promissos.

 – Temos uma semana para con­seguir os recursos. Pode ser que se concretize na segunda, dia 7 – diz o secretário, sem cravar uma data.

Nos últimos sete dias, entre ta­xas e repasses federais, o município recebeu R$ 3,76 milhões. Do Fun­do de Participação dos Municípios (FPM), por exemplo, foram deposi­tados R$ 1,767 milhão. Já do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valoriza­ção dos Profissionais da Educação (Fundeb), o repasse na última sema­na foi de R$ 1,408 milhão.

Aumento discreto – Os municí­pios da região tiveram um aumen­to nos repasses dos royalties neste mês, mas ainda longe do incremento que esperam com a nova fórmula de cálculo pela taxa Selic (dos juros do cartão de crédito), determina­do pelo Supremo Tribunal Federal (STF) no fim de julho. A questão ainda depende de liberação do Te­souro Nacional.

De toda forma, Cabo Frio rece­beu em julho R$ 9.084.837,44, au­mento de 13% em relação ao mês anterior. O valor é muito maior que o recebido no ano passado, por exemplo, que foi de pouco mais de R$ 6 milhões (acréscimo de 50%). Arraial também teve acréscimo de um mês para o outro: em julho, recebeu R$ 2,464 milhões contra R$ 2,185 milhões, em junho. Da mesma forma, em Búzios, a compensação paga pas­sou de R$ 3 milhões para R$ 3,6 milhões, entre junho e julho.