quarta, 24 de abril de 2024
quarta, 24 de abril de 2024
Cabo Frio
23°C
Park Lagos Super banner
Park Lagos beer fest
Política

PT de Cabo Frio acusa Magdala de tentativa de golpe; prefeita se reúne com Lula em Brasília

Presidente da sigla diz que nunca houve a intenção de apoiar a pré-candidatura da prefeita cabo-friense

28 fevereiro 2024 - 17h17Por Redação
PT de Cabo Frio acusa Magdala de tentativa de golpe; prefeita se reúne com Lula em Brasília

Para onde vai o PT em Cabo Frio? Continuará firme com o pré-candidato Rafael Peçanha? Ou cairá nas graças da prefeita Magdala Furtado? São questões que andam rendendo assunto nos corredores políticos. À Folha, o presidente do diretório municipal da sigla, Ricardo Cardoso, crava resposta: segundo ele, nunca houve apoio à atual chefe do Executivo. Enquanto isso,  Magdala postou nesta quarta-feira (28) fotos de encontro, em Brasília, com o presidente Lula. Em vídeo, ela disse que o "governo federal abre as portas para a cidade de Cabo Frio, ao contrário do governo estadual".

– Em nenhum momento apoiamos, nem pensamos em apoiar a prefeita – afirma Ricardo Cardoso. – Nosso projeto sempre foi ter candidatura própria, e com a entrada do Rafael Peçanha no PT (ano passado) isso só fortaleceu. Hoje há unanimidade dentro do diretório e apoio dos demais da região (ao nome de Rafael) – contou Ricardo.

Entretanto, informações de bastidores dão conta de que toda a negociação para a troca de uma candidatura própria pela da prefeita de Cabo Frio estaria sendo articulada pela alta cúpula do PT, como o deputado federal Washington Quaquá, atual vice-presidente nacional do partido. Desde o ano passado ele estaria estreitando a relação com a chefe do executivo cabo-friense. O primeiro registro de um dos vários encontros entre os dois foi feito em dezembro do ano passado, durante uma visita que fez a Cabo Frio. Os rumores se fortaleceram ainda mais quando o filho da Ministra da Saúde, Nísia Trindade, foi nomeado secretário de Cultura em Cabo Frio,

Ao ser questionado sobre como avalia essa aproximação de Quaquá com Magdala, Ricardo é direto:

– Não tem como avaliar porque não há possibilidade do PT apoiá-la. A verdade é que a prefeita está tentando dar o golpe no PT desde a morte de José Bonifácio e a sua ascensão ao poder.

A Folha entrou em contato com a assessoria da prefeita Magdala (que continua sem partido), a também com a do deputado Quaquá, mas não houve retorno até o fechamento desta reportagem.

Defendido pelo diretório municipal como pré-candidato do PT para a eleição municipal do dia 6 de outubro próximo, Rafael Peçanha lembrou que “o partido é democrático, ouve as bases, discute teses e debate internamente entre as diferentes forças políticas". Por isso, ao ser questionado pela Folha sobre como ficaria sua situação caso o PT confirme apoio à Magdala, Rafael foi direto:

– Não acontecerá. Sou o pré-candidato a prefeito de Cabo Frio pelo PT e pela Federação Brasil da Esperança, que ainda tem o PV e o PC do B, legendas que estão construindo esse projeto conosco há muito tempo aqui no município. Temos avançado bem ainda na consolidação de outros partidos que estarão conosco. Teremos ótimas notícias e surpresas positivas sobre isso nos próximos dias. Política se faz assim, conversando com as lideranças locais, construindo diálogo e confiança. O poder da máquina e do dinheiro não pode tudo, vamos vencer com a força do povo - garantiu.

Tanto Rafael como Ricardo defendem que o momento é de falar de projetos e ideias para mudar Cabo Frio.

– O quadro de pré-candidaturas que se apresenta hoje se restringe a disputas por cabos eleitorais, ocupação de cargos, dinheiro… O município não aguenta mais. Por isso eu estarei nessa disputa. Eu não vou deixar a esperança da população morrer – afirmou.