Assine Já
quinta, 02 de julho de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 319 Confirmados: 2909 Óbitos: 177
Suspeitos: 319 Confirmados: 2909 Óbitos: 177
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 268 582 40
Armação dos Búzios X 243 5
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 903 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 18 435 15
Saquarema 9 466 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Comissão

Proposta da criação de Comissão da Educação sem apoio de vereadores

Somente quatro assinaram e sindicalistas protestaram contra parlamentares

18 novembro 2015 - 09h36Por Nicia Carvalho

   

Em meio a clima tenso, com direito a vaias, máscaras, carta­zes e boneco, profissionais da Educação, que estão em greve por tempo indeterminado, lota­ram a assistência da Câmara de Cabo Frio na última terça-feira (17), mas a propos­ta de criação de uma Comissão da Educação não recebeu apoio dos vereadores. Somente Aqui­les Barreto (SD), proponente, Celso Campista (PSB), Emanoel Fernandes (Pros) e Adriano Mo­reno (Rede) foram favoráveis – e para entrar em votação era ne­cessário mais duas assinaturas. A falta de apoio consternou os manifestantes.

– Todos os vereadores que não assinaram devem ter seu nome colocado na ata do Sindi­cato porque queremos transpa­rência nas contas da educação, nas contas públicas. Os vereado­res devem defender o interesse do povo – defendeu Denise Tei­xeira, diretora de imprensa do Sindicato dos Profissionais da Educação da Região dos Lagos (Sepe Lagos).

Segundo os vereadores pro­ponentes, o objetivo da comis­são é levantar informações sobre diversas denúncias na Educação, como falta de licitação para uti­lização de verba federal de cerca de R$ 960 mil, chamada de con­cursados, entre outros.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (18)