Assine Já
sábado, 04 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
projeto

Projeto que reajusta salários na Câmara sai de pauta

Por falta de assinaturas, reposição de 18% para servidores efetivos ficou para 2017

20 dezembro 2016 - 13h45Por Redação I foto: Rodrigo Branco
Projeto que reajusta salários na Câmara sai de pauta

Pela falta do número mínimo de assinaturas, foi retirado da pauta da sessão desta terça-feira da Câmara Municipal de Cabo Frio o projeto de resolução nº 08/2016, que concederia reajuste salarial de 18,35% aos funcionários efetivos do Poder Legislativo municipal. O índice se refere à inflação acumulada pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC) entre janeiro de 2015 e outubro deste ano, período em que não houve reposição.

A entrada da matéria em pauta causou polêmica antes mesmo do início da sessão. Servidores municipais da Saúde e Educação, com os salários em atraso há meses, pressionaram os vereadores para que o item fosse retirado. Depois de muito debate e reunião nos bastidores entre os parlamentares, o que fez com que a sessão começasse com mais de meia hora de atraso, o presidente em exercício Aquiles Barreto (SD) anunciou que o projeto de resolução não seria apreciado.

Sem condições políticas para aprovar o reajuste para apenas uma categoria em plena crise com o funcionalismo, os vereadores devem transferir o assunto para a próxima legislatura, que assume em 1º de janeiro.

(*) Confira a cobertura completa na edição desta quarta-feira (21) da Folha dos Lagos.