Assine Já
terça, 15 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 42644 Óbitos: 1636
Confirmados Óbitos
Araruama 10478 329
Armação dos Búzios 5160 57
Arraial do Cabo 1486 81
Cabo Frio 11383 605
Iguaba Grande 4350 105
São Pedro da Aldeia 5841 254
Saquarema 3946 205
Últimas notícias sobre a COVID-19
Câmara

Presidente da Câmara de Arraial não é encontrado e cidade está sem prefeito

Luciano Tequinho é o substituto legal de Andinho e Reginaldo, afastados pelo TSE

09 setembro 2016 - 08h39Por Redação I Foto: Divulgação/Venâncio Barreto
Presidente da Câmara de Arraial não é encontrado e cidade está sem prefeito

Um navio sem comandante. Assim pode ser definida a Prefeitura de Arraial do Cabo neste momento uma vez que o prefeito Wanderson Cardoso de Brito, o Andinho (PMDB), e seu vice, Reginaldo Mendes (PT), foram afastados pelo TSE por abuso de poder político, enquanto o substituto legal, o presidente da Câmara, Luciano Tequinho (PPS), segue sem ser notificado da decisão e, portanto, sem tomar posse do cargo.

Ontem, mais uma vez, o chefe do Legislativo não foi visto na Câmara, que novamente não teve sessão por falta de quórum. Uma funcionária chegou a dizer que “brincam na Casa que ninguém sabe onde ele está”.

A reportagem tentou entrar em contato com Tequinho por meio de dois números de celular, mas não obteve sucesso. Também não havia ninguém no seu gabinete para falar sobre o assunto e onde o vereador estava. Todavia, houve a confirmação que a Câmara já foi notificada.

Nos bastidores políticos da cidade, sobretudo entre os opositores de Andinho, o ‘sumiço’ de Tequinho está sendo visto como estratégia, uma vez que ele faz parte da base do governo na Câmara Municipal.

Em nota, a Prefeitura afirmou que tão logo o presidente da Câmara seja notificado deve apresentar-se à juíza da cidade e comunicar se aceitou o cargo de prefeito. O texto esclarece ainda que, segundo a legislação, não pode haver vacância de cargo.