Assine Já
sábado, 16 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
Cabo Frio

Prefeitura espera arrecadar até R$ 20 mi renegociando dívidas em impostos municipais

Cabo Frio aposta na renegociação para sair do vermelho

01 dezembro 2015 - 10h27

Com as finanças comprome­tidas pela queda nos repasses dos royalties do petróleo, Cabo Frio busca solução doméstica para tentar sair do buraco. É apostando na renegociação de dívidas em impostos e taxas que o município promove desde ontem o ‘Concilia Cabo Frio’, no Centro de Artes Visuais, na Praça da Cidadania. O ‘feirão’ funcionará até o próximo dia 13 de dezembro.

O programa é uma oportuni­dade para os contribuintes re­financiarem suas dívidas com decontos e em condições mais suaves de pagamento e, para o município, uma tentativa de au­mentar a arrecadação. Com os acordos, a secretaria municipal de Fazenda espera conseguir um reforço de até R$ 20 mi­lhões no caixa.

– Essa é a primeira edição. O Conselho Nacional de Justiça lançou essa campanha em todos os municípios do estado do Rio e agora é a vez de Cabo Frio. A gente acha que é possível ar­recadar de R$ 15 milhões a R$ 20 milhões. Só em processos judiciais, a gente tem 20 mil,

 execuções fiscais ajuizadas na Dívida Ativa, foras as cobran­ças administrativas – espera a procuradora especial fazendária Karla Quintanilha.

A julgar pelo movimento no primeiro dia, a prefeitura pode ter boas expectativas. Na manhã de ontem, um bom público es­teve no CAV para tentar a con­ciliação e, talvez, entrar no ano novo com seus débitos equacio­nados. Apesar do movimento, não havia problemas no local, que conta com 26 guichês, al­guns deles para atendimento preferencial.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (1)