Assine Já
terça, 18 de fevereiro de 2020
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Apartamento
NOVELA SALARIAL

Prefeitura de Cabo Frio promete fechar folha de dezembro até fim da semana

Atendimento em unidades de saúde chegou a ser afetado ontem por falta de pagamento

28 janeiro 2020 - 20h52Por Rodrigo Branco
Prefeitura de Cabo Frio promete fechar folha de dezembro até fim da semana

A Prefeitura de Cabo Frio informou ontem que a folha de dezembro será encerrada ainda nesta semana com o pagamento dos servidores contratados e comissionados da saúde. Ontem, enfim, os contratados da Educação receberam os salários referentes ao mês passado. Os efetivos que recebem pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) tiveram depositados os salários de janeiro e o equivalente a um terço de férias. 

Pela estimativa da prefeitura, divulgada em nota para a reportagem, os salários do mês de janeiro serão pagos ao funcionalismo municipal pago até o quinto dia útil de fevereiro, ou seja, até o próximo dia 7. Sobre o 13º salário, a única previsão é para os servidores da Educação, que devem receber até o próximo dia 10.

Por causa das incertezas quanto ao pagamento, o funcionamento da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Parque Burle e do Hospital de Tamoios foi afetado. Segundo relatos passados para a reportagem, nas duas unidades, apenas casos considerados mais graves estavam sendo atendidos em parte do dia. A Folha esteve ontem à tarde na UPA e encontrou o atendimento normalizado, com quatro médicos na clínica médica e um na sala vermelha (casos graves), de acordo com a administração.
Segundo relatos de funcionários da unidade, pela manhã, houve reunião de médicos com a direção para cobrar uma solução sobre o pagamento dos salários e o atendimento ficou lento. Houve reclamação e viaturas da polícia chegaram a ficar na porta da UPA, mas não houve confusão e o funcionamento da unidade foi normalizado tempos depois. 

Em nota, a Secretaria de Saúde informou que não houve paralisação dos servidores, mas disse que os médicos do setor de emergência estavam atendendo pacientes classificados para a área amarela e vermelha, ou seja, casos gravíssimos, com necessidade de atendimento imediato, e casos urgentes, que demanda atendimento rápido.

A Secretaria ressaltou ainda que os atendimentos emergenciais passam por uma triagem para determinar a classificação de risco e que o método é validado pelo Ministério da Saúde e segue as recomendações sobre a Política de Humanização do Sistema Único de Saúde (SUS). Por fim, esclareceu que atendimentos ambulatoriais estão funcionamento normalmente.

Sindicato da Educação manteve greve – Em assembleia realizada na noite de anteontem, na Escola Municipal São Cristóvão, os profissionais da Educação de Cabo Frio decidiram manter a greve decretada desde o começo do mês passado, até que a prefeitura pague tudo o que deve a todos os funcionários.

Segundo o sindicato da categoria, o Sepe Lagos, “embora a prefeitura tenha realizado alguns pagamentos por meio dos recursos do Fundeb, finalizando a folha de pagamento de dezembro, grande parte da categoria continua sem salários e sem direitos como o 13º salário e férias, principalmente os trabalhadores que recebem por meio dos recursos próprios”. Além disso, o pagamento dos 35% referentes ao 13º salário de 2016 dos aposentados segue pendente.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.