sexta, 01 de março de 2024
sexta, 01 de março de 2024
Cabo Frio
26°C
Park Lagos mobile
Política

Prefeito Renatinho Vianna exonera Ronnie Plácido

Eventos de Arraial do Cabo passam agora para a gestão da secretaria de Turismo

08 março 2019 - 11h02
Prefeito Renatinho Vianna exonera Ronnie Plácido

O prefeito de Arraial do Cabo, Renatinho Vianna (PRB), ao fim da tarde de ontem, confirmou a exoneração de Ronnie Plácido da Secretaria de Comunicação e Eventos. O ex-secretário divulgou nota pelas redes sociais com balanço do trabalho e lista de eventos realizados no município.

Já a Prefeitura divulgou uma nota sobre a demissão dizendo que “o prefeito Renatinho Vianna agradece todo o empenho e o trabalho realizado à frente da pasta”. Segundo Renatinho, os eventos durante o período de Carnaval tiveram inúmeros equívocos. Por isso, tomou a decisão de tirar o setor de Eventos da secretaria de Comunicação e transferir para a Secretaria de Turismo.

Renatinho Vianna disse que fez de tudo para Ronnie Plácido ficar apenas com a Comunicação, o que ele não teria aceito, segundo o prefeito.

– Precisamos profissionalizar mais os eventos da cidade. Esta mudança é necessária, mas, infelizmente, ele não aceitou ficar só com a Comunicação – frisou o prefeito.

– É meu amigo pessoal, gosto dele e este afastamento é bem diferente dos outros dois casos do governo. Tenho certeza que Ronnie Plácido se esforçou para fazer o melhor, mas chega uma hora que temos que buscar o que é melhor para a administração – disse Renatinho.

A Comunicação do governo, agora, passa a ficar subordinada à secretaria de Governo.

Polêmica com a PM

Ronnie também se envolveu em uma polêmica com a Polícia Militar durante o Carnaval. O embate começou na madrugada de quarta, quando a PM interrompeu um bloco que desfilava. Segundo a nota de repúdio emitida pela Prefeitura, houve “truculência” por parte dos policiais.

“A Prefeitura de Arraial do Cabo, por meio da Secretaria de Comunicação e Eventos repudia a atitude de alguns policiais na noite desta terça-feira (5), durante a realização do Carnarraial. Infelizmente, o evento precisou ser interrompido antes do horário previsto, que seria às 2h (conforme documento registrado), devido à truculência de policiais despreparados que agiram de forma irresponsável, chegando a apontar armas para funcionários públicos que estavam apenas trabalhando. Sabemos que esses agentes não representam a corporação na sua totalidade”, dizia a nota.

Como resposta, o comandante do 25º BPM, tenente-coronel Roberto Dantas, também divulgou um texto. Ele alega que a ação foi contra brigas entre participantes e “músicas de apologia ao crime”.

“O Comando do 25º BPM tomou conhecimento da insatisfação de alguns representantes da Secretaria de Comunicação e Eventos da Prefeitura de Arraial do Cabo com relação ao encerramento do evento “CarnArraial” que foi encerrado às 01:20h do dia 06 de março de 2019. Apurações preliminares nos mostram que o citado evento tinha autorização para ser realizado do dia 01 de março à 05 de março, sendo acordado em reuniões preparatórias que não fossem reproduzidas músicas de apologia ao crime.

Valendo-se dos atributos do Poder Policial, atividade da administração pública que, limitando ou disciplinando direito, interesse ou liberdade, regula a prática de ato ou abstenção de fato, em razão de interesse público concernente à segurança em prol da coletividade, a Polícia Militar determinou que o evento fosse encerrado naquele momento, pois estavam ocorrendo condutas ilícitas como vias de fato nas areias da praia entre os participantes do evento, que ora reproduzia músicas que incitam e enaltecem o crime. A Polícia Militar sempre apoiará eventos e manifestações culturais realizados em conformidade com as normas de regulamentação, respeitando sempre a preponderância da Constituição Federal”, diz a nota da PM, que informa ainda que a conduta dos policiais está sendo apurada.