Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7728 Óbitos: 407
Confirmados Óbitos
Araruama 1514 100
Armação dos Búzios 468 10
Arraial do Cabo 215 13
Cabo Frio 2528 136
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1213 50
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
salários

Por falta de quórum, projeto que diminui salário de prefeito e vereadores fica para próxima semana

Pela proposta de Adriano Moreno (Rede), vencimentos seriam reduzidos à metade

08 julho 2016 - 09h29Por Rodrigo Branco

Um projeto de lei na Câmara Municipal de Cabo Frio está gerando polêmica antes mesmo de ser apreciado em plenário. A matéria de nº 038/2016, de autoria de Adriano Moreno, da Rede Sustentabilidade, propõe que os salários dos vereadores, do prefeito, do vice e de todos os secretários municipais sejam reduzidos à metade.

A iniciativa do vereador se baseia no argumento de que não apenas o município, como o Estado do Rio e o país vivem um período de crise econômica. O projeto constava na pauta da sessão de ontem, mas não chegou a ser analisado, já que pela segunda vez em uma semana não houve o número mínimo de vereadores no plenário.

De acordo com Adriano, a opção por apresentar a matéria como projeto de lei e não como resolução é para garantir que, caso ela seja aprovada e sancionada, tenha efeito imediato.

– Se eu entrasse com um projeto de resolução estaria sendo um crápula porque eu já recebi (salários). Nesse caso, deveria ter feito isso no primeiro dia do mandato, já que a resolução iria entrar em vigor apenas no próximo mandato – explica.

O vereador comenta ainda que não pretende ‘resolver a crise’ com a sua medida, mas ‘minimizá-la’.

– A gente está vivendo uma crise. Ontem (anteontem), as grávidas estavam sendo mandadas para Arraial e São Pedro para terem seus filhos. Eu não quero saber de quem é a culpa, mas não vem de agora. Minha ideia é que nossos governantes do Executivo e Legislativo colaborem de forma concreta para minimizar essa situação – alega.

Publicada em primeira mão pelo site da Folha, a notícia teve grande repercussão, gerando vários elogios, mas também muitas críticas e acusações de ‘demagogia’e ‘oportunismo’.

– A população está tão irritada com os políticos que coloca todos no mesmo balaio. Mesmo quem quer fazer algo de coração, com sentimento – afirma Adriano.

Para Taylor Jasmin (PRB), a ideia é válida, mas é preciso discutir a constitucionalidade do projeto e a revisão de toda a folha de pagamento.

– É interessante, mas tem que haver uma discussão muito maior, envolvendo inclusive o PCCR, que é bem-vindo, mas que na situação atual pode tornar a cidade inviável no futuro – argumentou.

A Câmara e a Prefeitura de Cabo Frio não se pronunciaram sobre o assunto.

Leia também:

Projeto na Câmara quer reduzir salários de prefeito, vice e vereadores à metade