Assine Já
sábado, 04 de julho de 2020
Região dos Lagos
23ºmax
16ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos: 325 Confirmados: 2996 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 260 584 40
Armação dos Búzios X 250 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 943 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 455 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
privatização

Por 41 votos a 28, Alerj aprova privatização da Cedae

Janio (PDT) votou a favor e Silas Bento (PSDB), contra a proposta 

20 fevereiro 2017 - 13h24Por Redação | Divulgação
Por 41 votos a 28, Alerj aprova privatização da Cedae

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) aprovou no início da tarde desta segunda-feira (20) o projeto de lei que privatiza a Companhia Estadual de Água e Esgoto (Cedae). O placar foi de 41 votos favoráveis à venda da estatal contra 28 contrários. Para aprovar a privatização, o Governo do Estado precisava de 36 votos (metade mais um dos 70 deputados). O projeto foi aprovado com o texto original, pois antes da votação forma derrubadas as 211 emendas que a ele haviam sido feitas.

A venda da Cedae é uma das garantias impostas pelo Governo Federal para o Plano de Recuperação Fiscal do Rio, que prevê a suspensão do pagamento da dívida do Estado com a União. Segundo o Palácio Guanabara, as medidas do plano trarão um alívio de R$ 62 bilhões em três anos.

Os deputados cabofrienses presentes à sessão extraordinária dividiram-se quanto ao voto: enquanto Silas Bento (PSDB) declarou-se contrário à venda da empresa, Janio Mendes (PDT) posicionou-se favoravelmente ao projeto, embora o líder do partido, Luiz Martins, tenha inicialmente encaminhado o voto contrário de toda a bancada que, no fim das contas, acabou liberada para votar como quisesse.

Ao justificarem os posicionamentos, Janio e Silas chegaram a se estranhar no plenário. Inicialmente, o pedetista afirmou ser favorável ao projeto como forma de assegurar o acordo com a União e, desta forma, o pagamento dos salários aos servidores estaduais. Em sua fala, Janio alegou ainda que as experiências de concessão de serviços à iniciativa privada em Cabo Frio foram ‘bem-sucedidas’. Pouco depois, Silas rebateu a informação, reclamando das taxas cobradas pelas concessionárias pelo serviço.

Ao ter o nome citado, Janio pediu direito de resposta ao presidente da Mesa, Jorge Picciani (PMDB) que o concedeu. Na tréplica, o pedetista afirmou que, comparadas, a tarifa da Cedae hoje seria mais alta que a cobrada pela Prolagos. Antes, no entanto, Janio acusou o adversário de querer 'antecipar o processo eleitoral'.

Confira como votou cada deputado (Em negrito, os da Região dos Lagos):

A FAVOR

  • Ana Paula Rechuan (PMDB)
  • André Ceciliano (PT)
  • André Corrêa (DEM)
  • Aramis Brito (PHS)
  • Átila Nunes (PMDB)
  • Benedito Alves (PRB)
  • Carlos Macedo (PRB)
  • Chiquinho da Mangueira (PTN)
  • Comte Bittencourt (PPS)
  • Coronel Jairo (PMDB)
  • Daniele Guerreiro (PMDB)
  • Dica (PTN)
  • Dionísio Lins (PP)
  • Doutor Gotardo (PSL)
  • Edson Albertassi (PMDB)
  • Fábio Silva (PMDB)
  • Fatinha (Solidariedade)
  • Marco Figueiredo (PROS)
  • Filipe Soares (DEM)
  • Geraldo Pudim (PMDB)
  • Gil Vianna (PSB)
  • Gustavo Tutuca (PMDB)
  • Iranildo Campos (PSD)
  • Janio Mendes (PDT)
  • João Peixoto (PSDC)
  • Jorge Picciani (PMDB)
  • Marcelo Simão (PMDB)
  • Marcia Jeovani (DEM)
  • Marcos Abraão (PT do B)
  • Marcos Muller (PHS)
  • Marcus Vinicius (PTB)
  • Milton Rangel (DEM)
  • Nivaldo Mulim (PR)
  • Paulo Melo (PMDB)
  • Pedro Augusto (PMDB)
  • Rafael Picciani (PMDB)
  • Renato Cozzolino (PR)
  • Rosenverg Reis (PMDB)
  • Tia Ju (PRB)
  • Zé Luiz Anchite (PP)
  • Zito (PP)

CONTRA:

  • Bebeto (PDT)
  • Bruno Dauaire (PR)
  • Carlos Lins (sem partido)
  • Carlos Osório (PSDB)
  • Cidinha Campos (PDT)
  • Doutor Julianelli (Rede)
  • Eliomar Coelho (PSOL)
  • Enfermeira Rejane (PC do B)
  • Flávio Bolsonaro (PSC)
  • Flávio Serafini (PSOL)
  • Geraldo Moreira (PTN)
  • Gilberto Palmares (PT)
  • Jorge Felippe Neto (DEM)
  • Lucinha (PSDB)
  • Luiz Martins (PDT)
  • Luiz Paulo (PSDB)
  • Marcelo Freixo (PSOL)
  • Márcio Pacheco (PSC)
  • Martha Rocha (PDT)
  • Paulo Ramos (PSOL)
  • Samuel Malafaia (DEM)
  • Silas Bento (PSDB)
  • Tio Carlos (SDD)
  • Wagner Montes (PRB)
  • Waldeck Carneiro (PT)
  • Wanderson Nogueira (PSOL)
  • Zaqueu Teixeira (PDT)
  • Zeidan (PT)