Assine Já
quinta, 21 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
ELEIÇÕES 2020

Paulo Roberto: "Estaremos deixando um legado para uma cidade realizando os anseios da população"

Folha realiza bateria de entrevistas dos candidatos às eleições majoritárias de São Pedro da Aldeia

04 novembro 2020 - 13h00Por Julian Viana

Paulo Roberto Jesus da Silva, do Patriota, diz em entrevista à Folha que, se eleito prefeito de São Pedro da Aldeia, deixará um legado baseado na realização dos anseios da população. “O nosso objetivo principal é restaurar e aprimorar a qualidade de vida em nossa cidade”. O candidato tem 53 anos de idade e é Comandante de Navio - Oficial da Marinha Mercante. Confira a entrevista na íntegra.

Folha dos Lagos – Por que deseja ser Prefeito? Qual legado quer deixar para a cidade?

Paulo Roberto – O nosso objetivo principal é restaurar e aprimorar a qualidade de vida em nossa cidade por meio de uma administração moderna, transparente e, acima de tudo, capaz de promover o desenvolvimento sustentável com todo nosso projeto. Estaremos deixando um grande legado para uma cidade realizando os anseios da população.

Folha dos Lagos – Como retomar o desenvolvimento, gerando emprego e renda, após um cenário de pandemia?

Paulo Roberto – Visando as perdas nas vagas de trabalho e assim o desemprego no município de São Pedro da Aldeia aumentando, devemos tomar atitudes rígidas para aumentar as receitas do município e assim garantir a sobrevivência do empreendedorismo da cidade. Podemos citar os projetos: Criação de feiras drive-thru de produtores rurais; Projetos de capacitação dos trabalhadores para uma retomada gradativa da economia; Criação de um centro de apoio aos autônomos e empresários; A reestruturação do turismo após pandemia; Criação de um plano emergencial da agricultura familiar. Podemos salientar que todos esses projetos visam o crescimento da economia municipal e tendo uma superação pós pandemia.

Folha dos Lagos – Os municípios da região tiveram índice baixo no Ideb. Como mudar esse cenário? Quais seus planos para a Educação?

Paulo Roberto – Visando o aumento do Ideb, estaremos criando um projeto de valorização dos professores – tanto contratados como efetivos. Estaremos revisando plano de salário retorno de incentivo aos professores como prêmio de educação; criação do projeto da sala de recurso multidisciplinar, que vem atingir tanto o corpo docente e o corpo discente. [Implantaremos o] projeto meritocracia para as escolas que aumentarem seu Ideb. Também visaremos a diminuição da evasão escolar; a volta aos jogos estudantis, com parceria das secretarias de educação e esporte; distribuição de uniformes escolares; melhoria da informatização das escolas. O grande projeto é a criação das escolas cívico militar.

Folha dos Lagos – Quais as principais propostas para a Saúde?

Paulo Roberto –
Saúde é o nosso maior bem. Implantar atendimento eficiente, humanizado e acolhedor com ênfase na saúde básica e preventiva é fundamental. Nosso compromisso é aprimorar o sistema do programa médico da família; informatizar o sistema de dados únicos, para que o prontuário médico do paciente esteja disponível em todas as unidades de saúde de São Pedro da Aldeia; implementação de uma rede capaz de atender as demandas de saúde mental; melhorar o desempenho do programa de saúde para o idoso e portadores de necessidades especiais; criar sistema de avaliação periódica dos postos de saúde e hospitais; criação de um sistema de comunicação via SMS para os pacientes não perderem a consulta; renovação da frota das ambulâncias municipais; desenvolver o plano de cargos e salários a todos os funcionários da saúde e criação de uma linha de saúde rural, focada nos problemas de quem trabalha no campo.

Folha dos Lagos – Quais as principais políticas que serão adotadas para o Turismo?

Paulo Roberto – Em São Pedro da Aldeia, o turismo é pouco explorado. Temos uma vocação natural para o turismo religioso, ambiental e a nossa maravilhosa laguna. Devemos então: Criar um mapa turístico para visitantes; Aumentar a divulgação dos pontos turístico da Zona Rural e da Zona Urbana; Incentivo ao turismo rural com o melhoramento do Polo Rural de São Pedro da Aldeia, trazendo novidades, tais quais: Leilões de animais, eventos Country e a ampliação dos eventos comemorativas do Polo Rural; Criação de quiosques das praias de São Pedro para fomentar o fluxo de turismo; Criação de um museu itinerante em um barco apropriado, para levar toda a história de pesca artesanal e dos primeiros colonizadores; Criação de eventos culturais, gospel e peças teatrais. 

Folha dos Lagos – O que o candidato pensa em relação a políticas afirmativas para mulheres, negros e LGBTs?

Paulo Roberto – Na nossa visão, estaremos sempre implementando a união das raças [e] visando a não discriminação. Todos são pessoas de direito e, como pessoas, devem ser tratadas como seres humanos, independente de raça, credo e sexualidade. 

Folha dos Lagos – Quais as principais propostas para o Esporte?

Paulo Roberto –
O esporte socializa e educa. A prática desportiva, além de saudável, promove junto a formação do caráter [e] o desenvolvimento das relações sociais de forma divertida. Proporcionar meios e inventivos não pode faltar num plano de governo voltado para a melhoria da qualidade de vida. Para tanto, [irei promover a]: Implementação de escolinhas de diversas modalidades esportivas nos bairros; Inserir o esporte nas escolas públicas, com a finalidade de diminuição da evasão escolar; Reforma das quadras das escolas e praças municipais; Incentivo a realização de competições amadoras de várias modalidades; Criação de áreas de lazer nas praças públicas; Incentivo a volta dos jogos escolares estudantis; Fortalecimento de parcerias com a iniciativa privada para implementação de aulas esportivas. Através do incentivo privado, [também irei] investir em esportes náuticos como remo; barco a vela e windsurf, aproveitando assim a laguna, lugar propício para tais esportes.

Folha dos Lagos – Quais as principais propostas para a Cultura?

Paulo Roberto –
A cultura demonstra o que somos e auxilia na escolha de onde pretendemos chegar. Cuidar do patrimônio histórico é cuidar da nossa história. São Pedro da Aldeia possui muita história, porém poucas pessoas conhecem. Desta forma, pretendemos: Inventariar todo o acervo público municipal; Fiscalizar a utilização do patrimônio municipal tombado; Ampliar a biblioteca municipal; Promoções de festivais de músicas e populares com artistas locais e gospel; Valorização da história do município; Criar o programa “Família na praça’’.

Folha dos Lagos – Quais os projetos do candidato para qualificar e ampliar a atuação da Guarda Municipal na Segurança Pública?

Paulo Roberto – De acordo com o artigo 144 da Constituição Federal, a segurança pública é dever do estado brasileiro, direito e responsabilidade de todos. Ou seja, é uma responsabilidade compartilhada entre os governos federal, estadual e municipal. E todo gestor municipal tem o dever de promover a segurança de seu município em parceria com os órgãos competentes. [Irei:] Promover encontros e debates da população aldeense junto aos órgãos de segurança estaduais e municipais; [Elaborar um] plano de cargo de salário da Guarda Civil Municipal; Cursos e treinamentos para melhoria da guarda civil municipal; Criação de uma base para guarda civil municipal, que atenda a demanda dos seus componentes; Criação de um novo processo seletivo para o aumento do efetivo; Criação de um grupo especializado para rondas escolares.

Folha dos Lagos – Quais as prioridades em relação à infra-estrutura da cidade?

Paulo Roberto –
Investimento em infraestrutura são essenciais para a volta do crescimento. Gestão responsável dos recursos próprios, fortalecimento das parcerias com os governos federal e estadual, assim como com a iniciativa privada e convênios com outros municípios da região irão suprir os recursos necessários para as obras de infraestrutura e tornar o município capaz de suportar com tranquilidade os desafios que, por ora estão suspensos, mas que, com certeza, ainda estão por vir. [As] sugestões de infraestruturas [são]: Pavimentação de ruas e avenidas – melhoria da malha viária que facilitará a vinda de novas empresas para o município; Acesso a água e saneamento aos moradores; Reformas e construções de praças públicas; Criação de ciclo vias.

Folha dos Lagos – Quais as principais políticas que serão adotadas em relação ao Meio Ambiente? Especificamente sobre a Lagoa de Araruama, quais as ações viáveis para revitalização da lagoa?

Paulo Roberto – Cuidar no meio em que vivemos é um dever de todos, e para tal devemos realizar: Criação de um projeto de arborização urbana; Melhorias do plano de saneamento; Promoção da Cultura de preservação do meio ambiente urbano; Criação de um centro de reciclagem e fomento de projeto para a coleta seletiva. Para a nossa Laguna [temos como proposta]: A implantação da ligação do cinturão de colhimento dos esgotos para tratamento; Incentivar a criação do concelho intermunicipal do meio ambiente com os municípios que são banhados pela laguna; Visar a abertura de um novo canal para a renovação e oxigenação das águas e para a biodiversidades. 

Folha dos Lagos – De que maneira o município pode ser mais independente dos repasses dos royalties? Como enxerga um cenário caso o regime de partilha dos royalties seja alterado no STF?

Paulo Roberto – Visando a perda ou a diminuição dos royalties, para o município de São Pedro da Aldeia, devemos tomar atitudes austeras para aumentar as receitas do município e criar uma total independência, podemos citar os projetos: Trazer novas indústrias para o município; Criar incentivos para pequenas e medias empresas; Projetos de qualificações profissionais para os aldeenses; Criação de um centro de apoio ao emprego; Incentivo ao turismo; Criação de um projeto de agricultura familiar. Podemos salientar que todos esses projetos, entre outros, visam o crescimento da arrecadação municipal e criando uma total independência dos royalties.


 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.