Assine Já
quarta, 23 de setembro de 2020
Região dos Lagos
21ºmax
16ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7914 Óbitos: 414
Confirmados Óbitos
Araruama 1580 102
Armação dos Búzios 474 10
Arraial do Cabo 231 13
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 640 34
São Pedro da Aldeia 1284 51
Saquarema 1150 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
PSDB

Paulo César: "Silas não se sentiria bem sob minha tutela"

Ex-deputado e prefeitável assume PSDB de Cabo Frio no lugar do vice-prefeito

30 março 2016 - 09h08Por Rodrigo Branco
Paulo César: "Silas não se sentiria bem sob minha tutela"

Senador mineiro Aécio Neves trouxe Paulo César para o partido (Divulgação)

O ninho tucano de Cabo Frio está sob novas asas. O ex-deputado federal e pré-candidato à Prefeitura Paulo César da Guia acaba de assumir a presidência do diretório municipal do PSDB, após uma intervenção das executivas nacional e estadual do partido.

A solenidade oficial de posse está prevista para o fim de abril, mas Paulo César já atua na executiva municipal provisória. Com moral junto aos caciques da legenda, o pré-candidato tucano em Cabo Frio vai receber na cerimônia o presidente estadual, Otávio Leite; os deputados estaduais Luiz Paulo Corrêa da Rocha e Carlos Roberto Osório, que vai concorrer à prefeitura do Rio. Mas a estrela do encontro será o senador por Minas Gerais, Aécio Neves, presidente nacional do partido.

Aliás, foi pelas mãos de Aécio e Otávio Leite que Paulo César voltou, em setembro, ao partido pelo qual foi eleito vereador em 2000 e concorreu à Prefeitura quatro anos mais tarde, perdendo para o ex-prefeito e futuro adversário Marquinho Mendes (PMDB). A ascensão do médico coincide com a perda de espaço político do vice-prefeito Silas Bento, que assim como o filho, o vereador Vanderlei Bento, pode estar de saída do PSDB, rumo ao recém-criado Partido da Mulher Brasileira (PMB). De acordo com Paulo César, a saída de Silas, que também chegou a cogitar uma pré-candidatura, se deu de forma natural, sem traumas.

– Silas não quis permanecer. Não quis ajudar nessa capilarização do partido nas eleições. Achou por bem se afastar porque não se sentiria bem com o partido sob a minha tutela. Houve várias conversas tanto da minha parte como da parte do partido – comentou.

Leia a matéria na íntegra na edição impressa da Folha desta quarta-feira. 

Leia também: 

PSDB decide pela pré-candidatura do ex-deputado federal Paulo César 

A direita que avança 

Após pré-candidatura, Silas Bento vê crescer sombra de Paulo Cesar no PSDB