Assine Já
sexta, 18 de setembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 7483 Óbitos: 397
Confirmados Óbitos
Araruama 1452 99
Armação dos Búzios 466 10
Arraial do Cabo 201 13
Cabo Frio 2467 130
Iguaba Grande 622 34
São Pedro da Aldeia 1153 50
Saquarema 1122 61
Últimas notícias sobre a COVID-19
Paulo César

Paulo César nega que 'quis aparecer' na votação do impeachment

Suplente de deputado e presidente municipal do PSDB repele acusação de oportunismo

20 abril 2016 - 10h48Por Rodrigo Branco
Paulo César nega que 'quis aparecer' na votação do impeachment

Paulo César fez questão de registrar com uma selfie momento do voto do deputado tucano Otávio Leite (Reprodução)

Um dos assuntos mais comentados na cidade após a votação do impeachment na Câmara dos Deputados, no domingo, a presença no plenário do presidente municipal do PSDB e pré-candidato a prefeito de Cabo Frio, Paulo César da Guia, foi motivo de chacota e de muitas críticas nas redes sociais. Mas segundo ele, havia motivos de sobra para acompanhar de perto os trabalhos que podem mudar em breve os rumos do país.

– Em primeiro lugar, quero dizer que não sou ex-deputado. Ex-deputado é quem não concorreu ou já está morto. Sou suplente de deputado diplomado pelo Tribunal Superior Eleitoral. Em segundo lugar, me senti muito à vontade de ir a Brasília, pois sou do principal partido de oposição ao governo e queria estar ao lado dos meus colegas para presenciar esse momento histórico que, espero, não tenha outro – diz Paulo César.

Figurinha fácil na transmissão da votação pela tevê, durante a qual se posicionou estrategicamente atrás dos parlamentares que votavam, Paulo César postou inúmeras fotos nas redes sociais antes e durante a sessão, algumas delas segurando placas com os dizeres ‘Cabo Frio a favor do impeachment’ e ‘Impeachment Já’, para ironia e irritação de muitos moradores da cidade que não se sentiram representados pelo gesto.

– Logicamente não estou representando os 200 mil cabofrienses, mas sou nascido em Cabo Frio, minha base eleitoral é em Cabo Frio e em todos os lugares que eu fui sempre levei o nome de Cabo Frio. Também sou representante de mais de 30 mil pessoas, o que não é pouco. Essas pessoas me referendaram e deram a liberdade de representar o nome delas – argumenta.

Ciente de que a sua constante presença em frente às câmeras durante a sessão provocou a ira de muitos e também foi motivo de brincadeiras, comparando-o a um ‘papagaio de pirata’, Paulo César disse não se importar com as reações, com exceção das que considerou exageradas.

– Vejo como naturais (as críticas). As pessoas podem criticar e elogiar, ser a favor ou contra. O que não acho legal é usar as redes sociais para ofensas à moral, o uso de palavrões e palavras de baixo calão como alguns fizeram. A gente já vê tanta violência por aí para difundirem a violência na internet – pondera.

Leia também: 

Presença de Paulo César na votação do impeachment desperta ira de eleitores

Cinco lugares para Paulo César ser papagaio de pirata além da sessão do Impeachment