Assine Já
segunda, 20 de setembro de 2021
Região dos Lagos
26ºmax
20ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50688 Óbitos: 2057
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6182 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14015 822
Iguaba Grande 5355 134
São Pedro da Aldeia 6830 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
Projeto

Orçamento de 2016, enfim, volta à Câmara Municipal de Cabo Frio

Projeto de lei vai para comissão e Aquiles propõe reunião com a sociedade

25 novembro 2015 - 10h08Por Rodrigo Branco

Depois de um tempo na Pro­curadoria-Geral do municí­pio para correções, finalmente entrou na pauta da sessão de ontem da Câmara dos Verea­dores de Cabo Frio por meio de mensagem do prefeito Alair Corrêa (PP) o projeto de lei nº 168, que estima a receita e fixa as despesas municipais para o próximo ano.

Segundo a previsão orçamen­tária inicial do governo ao qual a Folha teve acesso, em 2016, sem contar as deduções, o mu­nicípio terá superávit de mais de R$ 27 milhões. No entanto, com os descontos, referentes aos impostos, o saldo entre a receita líquida e as despesas, se­gundo o governo, ficará zerado com a previsão de arrecadação e de gastos empatadas em R$ 863.032.623,38.

A propalada crise econômica, em função da queda dos recur­sos dos royalties do petróleo, teve reflexo e deixou o orçamen­to mais ‘modesto’ em relação ao previsto esse ano, que ficou em torno de R$ 990 milhões (re­dução de 12,8%). Vale ressaltar que a previsão foi feita antes das sucessivas quedas no mercado internacional de petróleo regis­tradas no início de 2015.

Inicialmente com prazo de 30 de novembro para ser aprovada, a proposta orçamentária foi en­caminhada ontem mesmo para a Comissão de Finanças, Orça­mento e Alienação, mas ainda será avaliada pelos vereadores, que têm o direito de propor emendas ao projeto.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta quarta-feira (25)