Assine Já
domingo, 17 de outubro de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52181 Óbitos: 2123
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6500 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14677 858
Iguaba Grande 5464 140
São Pedro da Aldeia 6968 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
CABO FRIO

Orçamento 2020 de quase R$ 1 bi é aprovado
com 31 emendas, em Cabo Frio

Ao todo, foram retirados R$ 3,2 milhões da Comsercaf para outras áreas

11 dezembro 2019 - 20h47Por Rodrigo Branco
Orçamento 2020 de quase R$ 1 bi é aprovado   com 31 emendas, em Cabo Frio

Cabo Frio já tem aprovada pela Câmara sua estimativa de receitas e despesas para o ano que vem. O Legislativo aprovou na noite de terça-feira, em regime de urgência e por unanimidade, a Lei Orçamentária Anual (LOA) para o exercício de 2020. O orçamento para o ano que vem será de R$ 956 milhões, 8% maior do que o estipulado para este ano.

O texto original do projeto de lei nº265/2019 do Poder Executivo recebeu 31 emendas, sendo 22 delas impositivas, uma novidade para o ano que vem. Pela lei, essas transferências de uma área para outras propostas pelos vereadores deverão ser obrigatoriamente cumpridas pelo prefeito Adriano Moreno (DEM).

Conforme a Folha já havia antecipado, a principal ‘vítima’ dos cortes foi a Companhia de Serviços de Cabo Frio (Comsercaf). Ao todo, somente com as emendas impositivas foram retirados R$ 3,278 milhões da autarquia responsável pela limpeza urbana do município para destinação a outros setores, em especial, a Saúde. Contudo, o total não é tão significativo, levando em conta que a proposta inicial do governo para a companhia foi de R$ 96,9 milhões. Portanto, as emendas impositivas retiram 3,3% do que foi inicialmente previsto.

Além disso, o prefeito tem uma margem de 10% para remanejar despesas, o que pode recompor as perdas para a autarquia referentes às retiradas impostas pelas emendas de execução obrigatória.  A Prefeitura agora aguarda o retorno do documento da Câmara para avaliar os impactos das 31 emendas, antes da sanção do prefeito.

– É importante destacar que o orçamento anual é uma previsão de recursos que vão entrar nos cofres públicos com base na arrecadação do município, verbas federais e estaduais. Além disso, o orçamento é móvel e admite modificação, quando justificado – explicou o subprocurador do município, Pedro Paulo Hauaji.

Individualmente, apenas sete dos 17 vereadores fizeram emendas ao orçamento original. Entre eles, há emendas impositivas para a rede de Saúde, Apae e ampliação das creches, proposta por Rafael Peçanha (PDT). Por sua vez, Vaguinho (Cidadania) destinou receitas para a reforma da Igreja de São Benedito, na Passagem, e para a manutenção da UPA de Tamoios, atualmente em reforma. 

Já Letícia Jotta (PSC) destinou verbas para a Saúde e a Educação. Luis Geraldo (Republicanos) deu entrada numa emenda para a construção e manutenção do Centro de Especialidades Odontológicas Infantil. Aquiles Barreto (SD) propôs suplementação para a implantação de um centro de beneficiamento de pescado, a reforma do Mercado Municipal Sebastião Lan e investimentos no Hospital da Mulher. 

Nenel do Jardim (Cidadania) destinou recursos para a compra de equipamentos para a Saúde, sobretudo, o Hospital Otime Cardoso dos Santos. Por fim, o líder do governo, Vinicius Corrêa (PP), com as suas emendas, destina recursos para a compra de equipamentos para o Hospital de Tamoios, compra de ambulância para o segundo distrito, reforma do posto de Saúde da Boca do Mato, reforma de praças no Jacaré, Unamar e Aquárius e aquisição de computadores para a Saúde e a Educação. 

Letícia, Luis Geraldo e Aquiles também suplementaram orçamento para a promoção de políticas LGBT. Além das emendas impositivas, foram agregadas ao orçamento original uma  aditiva, uma supressiva e sete modificativas.

Segundo a Câmara, 60% do total de emendas apresentadas na forma impositiva, ultrapassando o mínimo previsto no artigo 141 da Lei Orgânica do Município de Cabo Frio, que é de 50% para ações de saúde.

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.