Assine Já
sexta, 14 de maio de 2021
Região dos Lagos
24ºmax
17ºmin
Tropical
Tropical mobile
TEMPO REAL Confirmados: 38094 Óbitos: 1459
Confirmados Óbitos
Araruama 9614 300
Armação dos Búzios 4695 57
Arraial do Cabo 1317 69
Cabo Frio 10146 538
Iguaba Grande 3800 93
São Pedro da Aldeia 5248 227
Saquarema 3274 175
Últimas notícias sobre a COVID-19
inadimplência

‘Nome sujo’ é entrave para empréstimo de R$ 50 milhões a Cabo Frio

Marquinho aprova viagem à Brasília, mas diz que ‘há etapas a serem cumpridas’

09 agosto 2017 - 08h28Por Rodrigo Branco I Foto: Divulgação
‘Nome sujo’ é entrave para empréstimo de R$ 50 milhões a Cabo Frio

Atrás de recursos, o prefeito Marquinho Mendes (PMDB) fez ontem uma visita relâmpa­go à Brasília e disse ter gostado do que ouviu, sobretudo em re­lação ao empréstimo de R$ 50 milhões pretendido junto à Cai­xa Econômica Federal.

Após participar de uma reu­nião com o presidente da institui­ção, Gilberto Occhi, Marquinho adiantou que, até a concretiza­ção de um eventual acordo, há um longo caminho a percorrer. O principal obstáculo é retirar o município da inadimplência, isto é, ‘limpar o nome’ no Cadastro Único de Convênios (Cauc).

– Vamos ter que cumprir vá­rias etapas e positivar o Cauc é uma delas. Para tudo o que pre­tendemos, precisamos do Cauc positivado – disse o prefeito.

Para tentar viabilizar a ope­ração, Marquinho já designou o secretário de Fazenda, Clésio Guimarães Faria, para traba­lhar junto à superintendência do banco estatal. Ele disse que não é possível dar prazo de quando Cabo Frio terá condições de pleitear os recursos.

– Não tem prazo para essas coisas. A gente vai trabalhar. Não podemos ficar parados es­perando – comentou.

Além do encontro na Caixa, o prefeito cabofriense reuniu-se com os ministros da Saúde, Ricardo Barros, e das Cidades, Bruno Araújo. Com o primeiro, a pauta foi a tentativa de creden­ciamento do serviço de radio­terapia pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e a possível che­gada de ambulâncias para equi­par a rede municipal. Já com Araújo, o objetivo é conseguir obras do Projeto Avançar, antes conhecido como Plano de Ace­leração do Crescimento (PAC).

– A reunião foi muito provei­tosa, como sempre. Tenho as portas abertas por ter sido depu­tado e uso isso para tentar con­seguir os recursos – finalizou.