Assine Já
sábado, 19 de junho de 2021
Região dos Lagos
23ºmax
17ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 42977 Óbitos: 1659
Confirmados Óbitos
Araruama 10577 334
Armação dos Búzios 5176 57
Arraial do Cabo 1486 82
Cabo Frio 11408 615
Iguaba Grande 4433 107
São Pedro da Aldeia 5868 254
Saquarema 4029 210
Últimas notícias sobre a COVID-19
empréstimo

Nas ruas, cabofrienses reprovam empréstimo de R$200 milhões

Maioria dos entrevistados quer que a Câmara rejeite pedido da prefeitura

02 junho 2016 - 09h56

Se a votação fosse feita no centro de Cabo Frio, na tarde de ontem, talvez o empréstimo não chegasse em Cabo Frio. A Folha ouviu moradores da cidade – e a maioria dos entrevistados quer que a Câmara reprove a autorização para a Prefeitura.

– Sou contra por causa do endividamento do município. É injusto que a cidade fique endividada fora da gestão do atual prefeito por uma ação dele – afirmou o corretor Rono Muzy, de 39 anos.

O vendedor Aluizo Tostes, 54, também prevê uma herança negativa para a cidade.

– Não posso ser a favor. São dívidas que cairão nas costas do governante que vier depois. Os próximos prefeitos herdarão essa herança negativa – comenta.

Já o garçom Gleisson Nascimento, 30, não vê necessidade para pegar o empréstimo.

– Sou contra, porque a Prefeitura tem dinheiro. Não acredito que Cabo Frio está quebrada. Esse empréstimo quem vai ter que pagar é a população – diz.

A auxiliar Dalva Lúcia Cardoso, 51, queria mais esclarecimentos sobre o empréstimo.

– Queria esse dinheiro para investir na Saúde e na Educação, que são as áreas que mais necessitam de dinheiro na cidade atualmente. Mas nunca sabemos para onde esse dinheiro vai.

Já Bianca Félix, 21, se mostrou favorável, mas com investimentos em prioridades para a população.

– A princípio, sou a favor. Mas quero que esse dinheiro seja investido em necessidades como Saúde e Educação – finaliza.