Assine Já
terça, 03 de agosto de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
14ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 46523 Óbitos: 1889
Confirmados Óbitos
Araruama 11454 362
Armação dos Búzios 5517 58
Arraial do Cabo 1588 87
Cabo Frio 12706 765
Iguaba Grande 4804 116
São Pedro da Aldeia 6205 275
Saquarema 4249 226
Últimas notícias sobre a COVID-19
André Granado

Não é notícia repetida: André é afastado de novo e Henrique permanece prefeito de Búzios

Ex-prefeito Granado tinha conseguido liminar para voltar ao cargo menos de 24 horas antes

17 maio 2019 - 20h03Por Redação I Foto: Divulgação
Não é notícia repetida: André é afastado de novo e Henrique permanece prefeito de Búzios

Não é notícia repetida. Ontem, a Justiça de Búzios determinou novamente que André Granado fique afastado do cargo de prefeito da cidade. Assim como havia ocorrido na sexta-feira passada, a decisão foi do juiz Raphael Baddini, da 2ª Vara de Búzios. 

Desta vez, o motivo é outro: André foi condenado por improbidade administrativa, por dispensa de licitação, durante o período em que foi secretário de Saúde, entre 2005 e 2008, na gestão do então prefeito Antonio Carlos Pereira da Cunha, o Toninho Branco. 

A decisão é um balde de água fria em André e seu grupo político, menos de 24 horas depois de o ex-prefeito conseguir uma liminar no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) que o reconduzia ao cargo, ocupado desde o começo desta semana  por Henrique Gomes (PP), que  era vice de André. 

O ex-prefeito será multado em R$ 5 mil reais por dia, em caso de descumprimento da sentença, que o impede de ocupar qualquer cargo público. Na semana passada, o mesmo magistrado havia determinado que Henrique assumisse o cargo de prefeito. Granado fora condenado por suspender o concurso público de 2012 para renovar seguidamente contratos temporários. Ele chegou a recorrer no cargo antes de sair.