Assine Já
domingo, 17 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
André Granado

Não é notícia repetida: André é afastado de novo e Henrique permanece prefeito de Búzios

Ex-prefeito Granado tinha conseguido liminar para voltar ao cargo menos de 24 horas antes

17 maio 2019 - 20h03Por Redação I Foto: Divulgação
Não é notícia repetida: André é afastado de novo e Henrique permanece prefeito de Búzios

Não é notícia repetida. Ontem, a Justiça de Búzios determinou novamente que André Granado fique afastado do cargo de prefeito da cidade. Assim como havia ocorrido na sexta-feira passada, a decisão foi do juiz Raphael Baddini, da 2ª Vara de Búzios. 

Desta vez, o motivo é outro: André foi condenado por improbidade administrativa, por dispensa de licitação, durante o período em que foi secretário de Saúde, entre 2005 e 2008, na gestão do então prefeito Antonio Carlos Pereira da Cunha, o Toninho Branco. 

A decisão é um balde de água fria em André e seu grupo político, menos de 24 horas depois de o ex-prefeito conseguir uma liminar no Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) que o reconduzia ao cargo, ocupado desde o começo desta semana  por Henrique Gomes (PP), que  era vice de André. 

O ex-prefeito será multado em R$ 5 mil reais por dia, em caso de descumprimento da sentença, que o impede de ocupar qualquer cargo público. Na semana passada, o mesmo magistrado havia determinado que Henrique assumisse o cargo de prefeito. Granado fora condenado por suspender o concurso público de 2012 para renovar seguidamente contratos temporários. Ele chegou a recorrer no cargo antes de sair.