Assine Já
sábado, 16 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
Política

Ministério Público quer que André Granado seja afastado definitivamente

Na quarta, prefeito de Búzios conseguiu liminar para voltar ao cargo

23 maio 2019 - 10h51
Ministério Público quer que André Granado seja afastado definitivamente

O Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ), por meio da 2ª Promotoria de Justiça de Tutela Coletiva – Núcleo Cabo Frio, requereu  ontem  o cumprimento definitivo de sentença que impôs as penalidades de perda do cargo e suspensão dos direitos políticos de André Granado Nogueira da Gama, atual prefeito de Armação dos Búzios, no curso da ação civil pública nº 0003882-08.2012.8.19.0078. A sentença, proferida em 2015 pela 2ª Vara do município da Região dos Lagos, condenou o administrador por ato de improbidade praticado à época em que foi Secretário Municipal de Saúde.

A prática consistiu na contratação ilegal, com dispensa de licitação e no ano de 2007, do Instituto Nacional de Desenvolvimento de Políticas Públicas – INPP para execução de serviços de gestão, assessoria e controle no âmbito do Programa Saúde da Família. A condenação foi confirmada pela 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ), tendo a 3ª Vice-Presidência do tribunal informado a inexistência de recursos pendentes de julgamento em relação a André Granado.

O acórdão condenatório também confirmou as penas de ressarcimento ao erário municipal, em valor atualizado, no total de R$6.348.028,74, e de pagamento de multa correspondente a 40 vezes a remuneração do réu à época. Para o cumprimento das sanções, requereu o MPRJ o bloqueio de bens móveis e imóveis do réu, bem como montantes que constem em instituições bancárias, até o limite do valor determinado para devolução aos cofres do município.

Ontem - O prefeito de Búzios, André Granado, conseguiu uma decisão liminar da Justiça, em caráter provisório, para voltar ao comando da Prefeitura. A decisão foi proferida nesta quarta-feira (22) pelo desembargador Guaraci Vianna, da 19* Camara Civil do Tribunal de Justiça do Rio.

Desde o último 13 de maio a Prefeitura de Búzios estava sob o comando do vice-prefeito, Henrique Gomes. Ele tinha assumido pela quinta vez a chefia do Executivo, todas elas por afastamentos promovidos pela Justiça do prefeito André Granado.

Ao assumir, Henrique Gomes disse que "já estava acostumado" e anunciou que iria promover uma mudança geral no secretáriado. No dia seguinte à posse, divulgou, inclusive, a lista dos novos secretários. 

A Prefeitura de Búzios informou por meio da assessoria que ainda não foi notificada da decisão. A Folha tenta contato com André Granado e Henrique Gomes, ainda sem resposta.