Assine Já
sexta, 17 de setembro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
19ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 50688 Óbitos: 2057
Confirmados Óbitos
Araruama 12158 430
Armação dos Búzios 6182 64
Arraial do Cabo 1680 90
Cabo Frio 14015 822
Iguaba Grande 5355 134
São Pedro da Aldeia 6830 284
Saquarema 4468 233
Últimas notícias sobre a COVID-19
Marquinho

Marquinho dispara: em 30 dias fiz mais que Alair em quatro anos

Educação, no entanto, ainda é um desafio para a atual administração

01 fevereiro 2017 - 06h55Por Gabriel Tinoco I Foto: Divulgação PMCF
Marquinho dispara: em 30 dias fiz mais que Alair em quatro anos

A atual administração de Cabo Frio completou 30 dias de um mandato feito de muitos desafios por conta da crise de administrativa que abateu a cidade em 2016. Problemas na Saúde, Educação e funcionalismo como um todo deram a tônica deste primeiro mês do governo Marquinho Mendes. Mas, mesmo com tantos entraves, o prefeito é categórico: “Em 30 dias fiz mais do que Alair em quatro anos”.

– O melhor desse mês foi ter pago janeiro e cumprir com todos os acordos que fizemos com os sindicatos, acabando com a greve. Também não deixamos de priorizar os serviços essenciais. Veja o quadro da Saúde: reabrimos o São José Operário, o Hospital da Mulher, vários postos de saúde. Retiramos muito lixo da cidade. Em 30 dias fiz mais que Alair em quatro anos – alfineta. 

Ao fazer um balanço do seu primeiro mês de governo, o prefeito Marquinho Mendes também deparou-se com um impasse: um dos feitos comemorados foi o fim da greve da Educação; mas a paralisação pode ser retomada já na segunda-feira (5), caso o pagamento não seja feito até sexta-feira (3). No entanto, o prefeito está otimista e garante que as aulas vão ser retomadas sem interrupções, já que a Educação é uma das principais preocupações de Marquinho.

– Fizemos a folha de pagamento, só que tiveram dados que foram enviados pela Secretaria de Educação não corretamente. Mas estamos trabalhando para corrigir. Ontem (anteontem), corrigimos 800 pessoas. Estamos honrando com todos os compromissos. Não tenho nenhuma preocupação. No dia 2, as aulas estarão voltando e em abril terminaremos o ano letivo de 2016 – finalizou.