Assine Já
sexta, 25 de setembro de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8032 Óbitos: 418
Confirmados Óbitos
Araruama 1614 102
Armação dos Búzios 477 10
Arraial do Cabo 241 15
Cabo Frio 2555 140
Iguaba Grande 671 36
São Pedro da Aldeia 1309 51
Saquarema 1165 64
Últimas notícias sobre a COVID-19
Marquinho

Marquinho anuncia equipe para tirar Cabo Frio da crise

Prefeito eleito anunciou mudanças radicais e cortes de despesas durante apresentação

26 novembro 2016 - 10h11Por Rodrigo Branco
Marquinho anuncia equipe para tirar Cabo Frio da crise

“Vamos dar fazer esse anúncio rapidamente porque a cidade não tem tempo a perder.” Foi passando um recado de urgência que o prefeito eleito de Cabo Frio, Marquinho Mendes (PMDB), anunciou ontem em um hotel no Braga a equipe de governo que, a partir de 2017, terá a complexa missão de tirar a cidade de uma das mais graves crises financeiras e administrativas da sua história.

Ao todo, foram anunciados 31 nomes que ocuparão o primeiro e o segundo escalões. Na relação dos 15 futuros secretários, poucas novidades e apenas uma surpresa: o veterinário de Tamoios, Gustavo Gonçalves, que ocupará a pasta da Agricultura. Marquinho chamou os futuros colaboradores de ‘guerreiros’ e disse prever as dificuldades que terá a partir de janeiro. Ele afirmou que promoverá ainda radical corte de despesas, entre cargos em comissão e o custo fixo de energia elétrica, telefonia, água e aluguel de veículos.

– São necessárias mudanças radicais e, para isso, estamos adotando medidas radicais. Em janeiro, vamos fazer uma redução drástica dos cargos comissionados. Não tem como continuar o número existente. A palavra de ordem é enxugar a folha de R$ 25 milhões para R$ 25 milhões – afirmou.

Salários

“Outra prioridade é a questão salarial. No final de janeiro, os profissionais receberão os seus salários, porque no nosso governo vai ser prioridade o pagamento do funcionalismo público. Não vou fazer como o atual governo que inchou a folha e não pagou. Só vamos admitir se tivermos recursos para pagar e fazer dívidas se pudermos honrar.”

Ano letivo

“Estamos trabalhando muito para voltar à normalidade. Para se ter uma ideia, esse governo não vai conseguir terminar o ano letivo de 2016. Vamos ter a responsabilidade de terminar o ano letivo de 2016 e iniciar o de 2017. É uma tarefa para uma equipe competente que estamos formando”.

Educação

“A prioridade é colocar as crianças dentro de sala de aula, dar merenda de qualidade, reestruturar a parte física dos prédios escolares, que estão todos deteriorados, e para isso fiz uma proposta à Laura para que a partir de janeiro possamos junto com os diretores, os pais de alunos e professores, fazer um mutirão de limpeza das escolas junto com o poder público. Vamos pintar as escolas juntos para que a gente possa voltar à normalidade.”

Saúde

“A questão emergencial são as emergências e as urgências. Temos que reabrir de imediato os hospitais existentes. O Hospital da Mulher, que está fechado; e, da mesma forma, com o Hospital de Tamoios, com o Hospital do Jardim Esperança, com o Hospital da Criança. Vamos colocar medicamentos e profissionais. E reabrir a UPA do Parque Burle, que é um compromisso nosso. Soube que o atual prefeito, que não paga ninguém, está pensando agora, no mês de dezembro, em reabrir a UPA só porque nós anunciamos. Soube, não sei se é verdade. Mas se ele não reabrir, vamos reabrir a partir de janeiro.”

Réveillon

“O governo atual já falou que não tem condições financeiras de fazer. Estou conversando com o trade turístico, a Associação Comercial e o Convention Bureau para que possamos fazer essa queima de fogos e os shows somente com a iniciativa privada. A Prefeitura não vai gastar um real sequer. Estou procurando parceiros. Vamos fazer a queima de fogos num formato menor, mas vamos fazer. Mas não vai ser aquela história que fizemos no passado de fazer agora e a empresa receber depois. É em forma de doação ao município. Não vão receber depois não. Vão receber retorno em publicidade.”

Cortes de despesas

“Você tem que se adequar a uma nova realidade. A nova realidade é não inchar a folha. Vamos cortar a folha de R$ 35 milhões para R$ 25 milhões. Diminuir os contratos e os cargos comissionados. Acabou com essa história de que você vai ter o seu cargo comissionado e vai ficar em casa recebendo sem trabalhar. Vamos trabalhar com aqueles que querem contribuir com o município.”

Período de sacrifícios

“Vamos ter que cortar sim. Vamos ter que nos indispor sim. Mas esse é o momento da compreensão de todos. Se nós não viermos a tomar essas decisões, não vamos conseguir viabilizar esse governo”.

Empréstimo

“Não posso falar se vai ser necessário sem saber quais as condições reais orçamentárias e financeiras da Prefeitura. Eu e a equipe financeira vamos analisar e, se houver possibilidade, não tenho dúvida nenhuma. Mas com transparência. Se pegarmos esse empréstimo, a população saberá que esse empréstimo será para pagar funcionário”.

 

Equipe de Governo:

Secretaria de Educação: Laura Barreto

Procuradoria-Geral: Carlos Magno de Carvalho

Secretaria de Fazenda: Clésio Guimarães Faria

Secretaria de Administração: Deodoro Azevedo

Secretaria de Saúde: Roberto Pillar

Secretaria de Governo: Hélcio Azevedo

Chefia de Gabinete: José Ricardo

Secretaria de Desenvolvimento da Cidade: Cláudio Bastos

Secretaria de Mobilidade Urbana: Mauro Branco

Secretaria de Turismo: Fabíola Bleicker

Secretaria de Cultura: Ricardo Chopinho

Secretaria de Assistência Social: José Roberto Rocha

Secretaria de Obras: Carlos Sant'anna

Secretaria de Esporte: José Antônio Odilon

Ibascaf: Luís Cláudio Gama

Secretaria de Agricultura: Gustavo Gonçalves

Coordenadorias e superintendências:

Controle Interno: Silas Nunes

Coordenadoria de Planejamento: Rosane Vargas

Coordenadoria de Meio Ambiente: Eduardo Pimenta

Coordenadoria de Postura: Gilson da Costa

Coordenadoria de Ordem Pública: Ricardo de Melo

Coordenadoria de Eventos: Saulo Mira

Superintendência de Defesa dos animais: Carol Midori

Coordenadoria do Idoso: Eduardo Kita

Coordenadoria de Serviços Públicos: Carlos Augusto 'Cagu'

Coordenadoria de Habitação: Eduardo Leal

Procon: Thiago Vasconcellos

Coordenadoria da Mulher: Tereza Tenan

Coordenadoria da Pesca: Alexandre Marques, Alexandre da Colônia

Coordenadoria da Criança e do Adolescente: Eliseu Pombo

Superintendência da Juventude: Daphne Libardi

Superintendência de Combate às Drogas: Leonardo Mendes