Assine Já
terça, 19 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
31ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
eleiçoes 2016

José Bonifácio afirma que resultado do PDT em Arraial, Cabo Frio e Búzios exige avaliação

‘Renatinho vendeu melhor a imagem de oposição’

05 outubro 2016 - 09h21Por Rodrigo Branco | Arquivo Folha
José Bonifácio afirma que resultado do PDT em Arraial, Cabo Frio e Búzios exige avaliação

Vencedor oficial da eleição de Arraial do Cabo pelo TSE, José Bonifácio não alimenta ilusões: sabe que no voto ficou apenas em terceiro lugar, com 2.170, marca irrisória para um partido que já foi o mais forte da cidade. Alheio ao embate jurídico envolvendo o recurso do vencedor Renatinho Vianna (PRB) no TRE, Bonifácio já se prepara para reassumir seu cargo de vice-presidente estadual do partido. À Folha, o experiente político disse que sua candidatura foi prejudicada pela polarização Renatinho x Tê e admite que não estará mais tão presente na política da cidade a partir de agora.

– Ainda mantenho a residência em Arraial, mas tenho que tocar a minha vida – ele diz.

Folha dos Lagos – Você aparece como primeiro no resultado oficial do TSE, mas ficou em terceiro na votação. Acha que poderia ter ido melhor?

José Bonifácio – A campanha polarizou em torno de quem re- jeitava o governo e quem vendeu melhor a imagem de oposição foi o candidato do PRB, que se favoreceu do voto útil.

Folha – E a questão jurídica? Vai forçar uma nova eleição?

Bonifácio – Quanto a isso não opino. Não sei. Temos que aguardar a decisão final do TRE. Não posso falar nada antes disso.

Folha – Muita gente diz que você só aparece na hora da eleição. Após essa derrota, pretende ficar mais próximo da política cotidiana na cidade?

Bonifácio – Eu sou vice-presidente estadual do partido e agora vou reassumir o meu cargo. Vamos discutir agora como vai ser nossa posição no segundo turno das eleições do Rio. Minhas atividades principais voltarão a ser as que eram antes. Ainda mantenho a residência em Arraial, mas tenho que tocar a minha vida. Como em Arraial, a princípio, não tenho atividade se não for eleito, vou me dedicar às atividades partidárias. Por isso, vou ficar entre Arraial, Rio e o interior do estado.

Folha – Em Cabo Frio, Arraial e Búzios, o PDT ficou em terceiro lugar. A que atribui esse quadro?

Bonifácio – No estado, de maneira geral, o PDT aumentou o número de prefeituras e vereadores em relação há quatro anos. Em Araruama, Lívia teve uma vitória esmagadora. Em Cabo Frio, o partido fez vereadores. Mas é um fenômeno que a gente precisa avaliar. Eu, Janio e Mirinho ainda vamos conversar sobre a região, sobre o que vai se fazer. Logicamente é preciso fazer algo. Não sei se mobilizar um pouco mais. Semana que vem vamos ouvir as queixas, re- clamações e falhas. Até porque o partido já pensa em 2018. O PDT já tem um projeto para isso com Ciro Gomes se candidatan- do à presidência e talvez candidato a governador do estado.