Assine Já
domingo, 12 de julho de 2020
Região dos Lagos
27ºmax
15ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Suspeitos: 344 Confirmados: 3388 Óbitos: 196
Suspeitos: 344 Confirmados: 3388 Óbitos: 196
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 274 658 42
Armação dos Búzios X 272 7
Arraial do Cabo 16 84 11
Cabo Frio X 1037 64
Iguaba Grande 12 241 20
São Pedro da Aldeia 10 530 19
Saquarema 32 566 33
Últimas notícias sobre a COVID-19
Janio

Janio deixa vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa

Contrário a desconto nos salários de servidores, pedetista diz que seria 'incoerência ficar no cargo'

19 novembro 2016 - 10h15Por Rodrigo Branco | Foto: Arquivo Folha
Janio deixa vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Janio Mendes (PDT) não responde mais pela vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (18) em sua página no Facebook, depois de renunciar na tribuna da Alerj ao cargo que ocupava desde fevereiro do ano passado.

A iniciativa de pedir o boné surgiu depois que a bancada do partido de Janio, que tem sete parlamentares, decidiu opor-se às propostas mais polêmicas do chamado pacote de medidas de austeridade do governo do estado, sobretudo à contribuição compulsória de 30% dos servidores ativos e aposentados por um período de 16 meses. A mensagem, inclusive, já foi devolvida ao Poder Executivo, uma vez que a Justiça a considerou inconstitucional.

– Discordamos de algumas mensagens do governo porque ferem os direitos do trabalhador. A bancada tomou a posição de não votar a favor delas e, por isso, não seria coerente ser vice -líder e votar contra essas medidas – comentou.

A Alerj também tirou da pauta o projeto que extinguia três autarquias estaduais, entre elas a Federação de Instituto de Pesca do Estado do Rio (Fiperj). Suderj e Ceperj também serão mantidas.