Assine Já
quarta, 30 de setembro de 2020
Região dos Lagos
28ºmax
19ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 8382 Óbitos: 435
Confirmados Óbitos
Araruama 1653 103
Armação dos Búzios 495 10
Arraial do Cabo 252 15
Cabo Frio 2765 149
Iguaba Grande 684 36
São Pedro da Aldeia 1353 54
Saquarema 1180 68
Últimas notícias sobre a COVID-19
Janio

Janio deixa vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa

Contrário a desconto nos salários de servidores, pedetista diz que seria 'incoerência ficar no cargo'

19 novembro 2016 - 10h15Por Rodrigo Branco | Foto: Arquivo Folha
Janio deixa vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa

O deputado estadual Janio Mendes (PDT) não responde mais pela vice-liderança do governo na Assembleia Legislativa. A decisão foi anunciada nesta sexta-feira (18) em sua página no Facebook, depois de renunciar na tribuna da Alerj ao cargo que ocupava desde fevereiro do ano passado.

A iniciativa de pedir o boné surgiu depois que a bancada do partido de Janio, que tem sete parlamentares, decidiu opor-se às propostas mais polêmicas do chamado pacote de medidas de austeridade do governo do estado, sobretudo à contribuição compulsória de 30% dos servidores ativos e aposentados por um período de 16 meses. A mensagem, inclusive, já foi devolvida ao Poder Executivo, uma vez que a Justiça a considerou inconstitucional.

– Discordamos de algumas mensagens do governo porque ferem os direitos do trabalhador. A bancada tomou a posição de não votar a favor delas e, por isso, não seria coerente ser vice -líder e votar contra essas medidas – comentou.

A Alerj também tirou da pauta o projeto que extinguia três autarquias estaduais, entre elas a Federação de Instituto de Pesca do Estado do Rio (Fiperj). Suderj e Ceperj também serão mantidas.