Assine Já
terça, 26 de outubro de 2021
Região dos Lagos
22ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52431 Óbitos: 2149
Confirmados Óbitos
Araruama 12371 441
Armação dos Búzios 6530 72
Arraial do Cabo 1736 92
Cabo Frio 14792 880
Iguaba Grande 5486 140
São Pedro da Aldeia 6985 289
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
Política

Granado segue como prefeito de Búzios

Boatos na manhã desta quarta indicavam que o prefeito teria sido novamente retirado do cargo

07 agosto 2019 - 11h55
Granado segue como prefeito de Búzios
O prefeito de Búzios, André Granado, segue no cargo nesta quarta-feira (7). Boatos pela manhã indicavam que uma nova decisão teria afastado mais uma vez o chefe do executivo. Fontes ouvidas pela reportagem garantem que a informação não precede.
 
A confusão ocorreu em virtude de uma decisão da 21ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJRJ). A decisão coloca em pauta o julgamento de um recurso dentro do processo, no entanto, um trecho cita a condenação que gerou o afastamento de Granado anteriormente. 
 
A citação à decisão de cassação teria motivado o boato de que Granado teria sido afastado novamente. O documento da 21ª Câmara que coloca o recurso em pauta chegou a ser compartilhado em redes sociais como uma prova do afastamento do prefeito.
 
Prefeito voltou ao cargo nesta segunda (5)

No fim da tarde de segunda-feira (5), o desembargador relator Pedro Saraiva Andrade Lemos, da 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (TJ-RJ) deu provimento a um agravo de instrumento da defesa de André Granado, que pedia a volta dele ao cargo, do qual foi afastado pela última vez no dia 11 de julho pelo juiz de primeira instância Raphael Baddini, da 2ª Vara de Búzios.

Na decisão, o desembargador afirma que André deve permanecer no cargo até que a ação que o agora novamente prefeito responde por supostas fraudes na publicação de atos oficiais tenha trasitado em julgado, ou seja, não permita mais recursos. 

Em 23 de julho, o mesmo desembargador havia determinado que André deveria retornar ao cargo ocupado pelo prefeito em exercício Henrique Gomes, mas horas depois o juiz Raphael Baddini suspendeu os efeitos da decisão. O motivo alegado por Baddini foi justamente a troca constante de prefeito o que, na visão dele, prejudica a população da cidade. No momento, Baddini está de férias e, no seu lugar, está o juiz Gustavo Fávaro. 

Após a decisão no TJ-RJ, Granado postou um vídeo nas redes sociais. 

– Acabou de sair uma nova decisão do desembargador mandando o juiz cumprir a minha reintegração ao cargo. Estamos aguaradando o nosso jurídico e, a qualquer momentp, estamos lá assumindo o nosso projeto. Obrigado pelo apoio de todos vocês – declarou.
Como a decisão do desembargador tem efeito imediato, ele teria que assumir ainda ontem, mas até o fechamento desta edição não havia a confirmação de que isso aconteceu.