Assine Já
segunda, 18 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
30ºmax
21ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
Cabo Frio

Governo de Cabo Frio encerra auditoria na Educação

Adriano diz que entregou relatório para autoridades e nega irregularidades 

25 setembro 2019 - 20h10
Governo de Cabo Frio encerra auditoria na Educação

O prefeito de Cabo Frio, Adriano Moreno (DEM), afirmou ontem que a auditoria interna que mandou fazer na Secretaria Municipal de Educação está concluída.  

Adriano esteve na Praça Porto Rocha, em um evento alusivo ao Dia Nacional do Trânsito, e comentou com a reportagem da Folha que o relatório final foi entregue ao Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ); ao Ministério Público Federal e Estadual; ao Grupos de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) do MP-RJ e à Polícia Federal de Macaé. 

O prefeito disse ainda que uma coletiva de imprensa será convocada nos próximos dias para dar detalhes sobre o relatório, feito por uma equipe de cinco contadores concursados da prefeitura. 

A ação foi uma resposta do governo municipal às denúncias feitas pelo ex-secretário de Educação, Cláudio Leitão, que apontam supostas irregularidades nos repasses da Secretaria de Fazenda para a de Educação, na ordem de R$ 40 milhões. Leitão saiu do cargo em maio, por não concordar com pagamento parcelado de salários para os servidores da Educação. Ao sair do governo, ele protocolou as denúncias em todas as esferas de controle e investigação de contas públicas.  

O MP-RJ já tem parecer favorável à tese do ex-secretário e entrou, no fim de agosto, com ação na 2ª Vara de Cabo Frio para cobrar o cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado em setembro do ano passado, no qual ficou estabelecida a compensação dos repasses que não foram feitos no ano de 2016, ainda na última gestão do ex-prefeito Alair Corrêa. Na  semana passada, a Folha publicou que o TCE-RJ também faz um a auditoria com base nos documentos enviados por Cláudio Leitão. 

Apesar de todo o cerco, e da atual situação desfavorável à prefeitura, Adriano novamente negou qualquer tipo de irregularidade nos repasses para a Educação e disse que o resultado da apuração que mandou fazer vai reverter sua situação junto às autoridades.

– Infelizmente, no nosso país, as pessoas fazem acusações levianas, sem provas e o ônus fica na conta do acusado. Como não fujo de nenhum tipo de acusação, tomamos todas as providências, e vamos esclarecer para que a população não tenha dúvida de que a gente tem trabalhado com lisura e transparência – disse Adriano, sem citar o nome do ex-secretário.

Em recente publicação nas redes sociais, Leitão cobrou o resultado da auditoria prometida pelo governo. Ele também comentou que,  com as investigações, vai provar ‘quem é mentiroso’. 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 29 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições na porta de casa, de terça a sábado. Ligue já: (22) 2644-4698. *Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.