Assine Já
domingo, 05 de julho de 2020
Região dos Lagos
24ºmax
15ºmin
TEMPO REAL Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos: 337 Confirmados: 3024 Óbitos: 179
Suspeitos:
Confirmados:
Óbitos:
Suspeitos Confirmados Óbitos
Araruama 272 585 40
Armação dos Búzios X 256 6
Arraial do Cabo 11 73 11
Cabo Frio X 954 58
Iguaba Grande 13 207 20
São Pedro da Aldeia 24 465 16
Saquarema 17 484 28
Últimas notícias sobre a COVID-19
Política

Fora do ar por tempo indeterminado

Edital para escolha da empresa que atuará na Câmara está emperrado no TCE

21 julho 2015 - 09h36

Ao que tudo indica, ainda vai demorar para que o público cabofriense volta a acompanhar ao vivo, pela televisão, as sessões da Câmara Municipal de Cabo Frio. Sucesso de público desde que foram transferidos para o período da manhã, em março, por determinação do presidente da Casa, Marcello Corrêa (PP), os trabalhos legislativos ainda podem ser acompanhados à distância pelo público, mas apenas depois do encerramento das sessões.
Detentora do antigo contrato, vencido no fim de 2014, a Agência de Publicidade, empresa à qual a Jovem TV, que fazia as transmissões em tempo real, é ligada continua fazendo as gravações, contudo, sem qualquer vínculo formal com a Câmara. No momento, os debates, discussões e votações, muitas vezes acaloradas, estão sendo veiculados, na íntegra, pela emissora, às terças e quintas-feiras, depois das sessões, às 13h.

O problema é a morosidade do processo de licitação, aberto desde o início do ano. Como a primeira tentativa de escolha foi impugnada antes mesmo da abertura dos envelopes, por parte de uma empresa de Florianópolis-SC, sob a alegação de que o valor oferecido em contrato (R$ 12 mil) era muito baixo para a operação, um novo edital foi elaborado e agora está sob análise dos conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE-RJ). Até o momento, no entanto, não há previsão de um parecer do órgão.

 

*Leia a matéria completa na edição impressa desta terça-feira (21)