Assine Já
quinta, 21 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
Política

Energia pode gerar incentivos

Sol e vento da região são objeto de proposta para atrair recursos

31 julho 2015 - 09h28

Nicia Carvalho

 

Numa sessão com pauta ex­tensa, porém sem peso, e com grande número de vereadores faltosos (foram sete), pode-se dizer que os trabalhos ontem se dividiram na aprovação pela Comissão de Redação Final de diversos projetos de lei de 2013 e 2014, como o PL 171, do ve­reador Adriano Moreno (PP), que prevê incentivos fiscais para que indústrias do setor de ener­gia solar e eólica se instalem em Cabo Frio, além de proposta para subvenção para associações de moradores, do vereador Cel­so Campista (PSB).

– É importante implantar este projeto o mais rapidamente devi­do à forte crise nacional. Temos vento e sol o ano inteiro. Então, é uma forma de fomentar econo­mia e gerar empregos. Se tivesse sido feito quando apresentei, em 2013, não teríamos os proble­mas atuais, inclusive a prefeitura não teria sofrido com corte de luz – opinou Adriano, durante discurso de agradecimento pelo parecer favorável.

Além deste, a Comissão de Redação Final deu parecer favo­rável em mais 12 projetos, dos quais oito são de 2014 e dois de 2013, entre eles o de energia limpa e contingenciamento or­çamentário para as associações.

A regulamentação para entra­da de ônibus de turismo e excur­sões na cidade, principalmente no Centro, também recebeu pa­recer favorável da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). Entre outras providências, o pro­jeto prevê que os ônibus fiquem estacionados no terminal próprio e o traslado de passageiros seja feito por van ou microônibus.

Atração à parte – Apesar da pauta sem grandes destaques, o intenso bate-papo entre os ve­readores Paulo Henrique, (PP), Jefferson Vidal (PSC) e Rodolfo Aguiar (PPS) em pleno anda­mento de sessão também chamou atenção. A postura dos edis fez com que a assistência reclamas­se bastante. A conversa paralela, somada à queixa dos presentes, fez, inclusive, com que o presi­dente Marcello Corrêa (PP) cha­masse atenção dos vereadores.