Assine Já
segunda, 30 de novembro de 2020
Região dos Lagos
30ºmax
20ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 12084 Óbitos: 539
Confirmados Óbitos
Araruama 2426 118
Armação dos Búzios 1132 16
Arraial do Cabo 427 16
Cabo Frio 3625 181
Iguaba Grande 1129 40
São Pedro da Aldeia 1874 76
Saquarema 1471 92
Últimas notícias sobre a COVID-19
eleição

Eleição para presidente da Câmara de Cabo Frio deve ocorrer na quinta (28)

Governo entra em ação e consegue recompor maioria parlamentar

23 setembro 2017 - 08h25Por Rodrigo Branco
Eleição para presidente da Câmara de Cabo Frio deve ocorrer na quinta (28)

Em meio a uma série de pautas importantes, como a CPI da Educação e a reforma do Código Tributário, a Câmara de Cabo Frio deve realizar na próxima quinta-feira (28) a eleição para a escolha do presidente da Casa no biênio 2019-2020. A antecipação do pleito aconteceu por pressão dos vereadores que compõem o ‘baixo clero’, conhecidos como G8, mas ao que tudo indica o movimento ‘rebelde’ perdeu força nas últimas semanas.

O governo entrou em ação e, neste momento, a candidatura do atual primeiro-secretário Luis Geraldo (PRB) já desponta como a favorita. Segundo a Folha apurou nos bastidores, quatro membros do G8 debandaram e voltaram para o ninho do governo. Os nomes são mantidos em sigilo. Com isso, a base aliada teria reconstituído a maioria, com nove votos, até o momento.

Virtual candidato do grupo dissidente, Ricardo Martins (Solidariedade) reconhece que ‘o jogo virou’. Sem jogar a toalha, Ricardo afirma que as conversas serão intensas nos próximos dias.

– O candidato do grupo será eu. O governo conseguiu levar alguns. Está na hora de recomeçar e alinhar a estratégia. É um jogo de xadrez. Contra o governo é mais difícil, mas tenho fé que até lá ainda mude algo chão – disse o vereador.

Outro fator que dificulta as aspirações de Ricardo e do restante do agora G4 é o comportamento incerto da oposição, com quem até então mantinha aproximação. Até mesmo a disposição inicial de voto conjunto em um único candidato não é mais considerado como favas contadas.

 

​*Confira matéria completa na edição deste fim de semana da Folha dos Lagos.