Assine Já
quarta, 20 de janeiro de 2021
Região dos Lagos
29ºmax
22ºmin
Mercado Tropical
Mercado Tropical Mobile
TEMPO REAL Confirmados: 21341 Óbitos: 711
Confirmados Óbitos
Araruama 5363 160
Armação dos Búzios 2875 30
Arraial do Cabo 651 33
Cabo Frio 5750 231
Iguaba Grande 1988 50
São Pedro da Aldeia 3048 106
Saquarema 1666 101
Últimas notícias sobre a COVID-19
ATAQUE À IMPRENSA

Deputado Mauro Bernardo tenta intimidar jornalista e é desmentido

Portal RC24h reproduziu matéria da Revista Veja, que aponta parentes do deputado nomeados no Estado

17 junho 2020 - 20h49Por Redação

O deputado estadual Mauro Bernardo (Pros) publicou um vídeo na tarde desta quarta-feira (17) para tentar intimidar a jornalista Renata Cristiane de Oliveira, dona do Portal RC24H. Mauro Bernardo, que é policial militar aposentado, não gostou de ver publicado no portal uma matéria reproduzida da Revista Veja, no qual ele é apontado como nome do governador Wilson Witzel (PSC) à Prefeitura de Cabo Frio e que tem parentes nomeados no Governo do Estado. No vídeo, aos berros, o deputado chamou a jornalista de ‘mentirosa’ e a desafiou a comprovar as informações, dizendo que renunciaria ao mandato, se isso acontecesse.

Horas mais tarde, Renata fez uma ‘live’ na qual desmentiu o parlamentar e apresentou documentos que comprovam a nomeação de parentes tanto no Governo do Estado, como na Assembleia Legislativa (Alerj). As cópias do Diário Oficial do Estado foram publicadas nas redes sociais da jornalista pouco depois da transmissão ao vivo. O deputado ainda não se pronunciou após o desmentido da jornalista.   

Diretor da Folha dos Lagos, o jornalista Rodrigo Cabral manifestou preocupação com o caso.

– É preciso lembrar que a reportagem foi produzida pela revista Veja. O deputado, no entanto, respondeu com intimidação, totalmente fora do tom, a uma jornalista de Cabo Frio, cujo site de notícias locais apenas publicou matéria com base no que fora revelado por Veja. É nítido que o parlamentar escolheu como alvo o lado mais frágil da história. Além disso, perdeu a oportunidade de conceder resposta digna a um veículo que nunca lhe tolheu espaços. O debate público não suporta mais agressões, virulências, ódio. Sobretudo, não é aceitável tal tentativa de intimidação a uma jornalista no exercício de sua função.

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.