Assine Já
domingo, 24 de outubro de 2021
Região dos Lagos
27ºmax
18ºmin
TEMPO REAL Confirmados: 52262 Óbitos: 2141
Confirmados Óbitos
Araruama 12321 438
Armação dos Búzios 6516 72
Arraial do Cabo 1720 92
Cabo Frio 14721 876
Iguaba Grande 5469 140
São Pedro da Aldeia 6984 288
Saquarema 4531 235
Últimas notícias sobre a COVID-19
POLÍTICA

De olho em 2022, Ciro Gomes visita Cabo Frio

Recebido pelo prefeito José Bonifácio e lideranças locais, presidenciável do PDT plantou árvore, deu palestra e viu protesto de feirantes do Mercado Sebastião Lan

25 setembro 2021 - 16h24Por Redação

De olho nas eleições do ano que vem, o pré-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, esteve em Cabo Frio na manhã deste sábado (25) para cumprir uma agenda no Centro da cidade, a convite do prefeito José Bonifácio e do diretório do partido. Acompanhado do presidente nacional da sigla, Carlos Lupi, Ciro chegou à Praça Porto Rocha, com atraso de um pouco mais de uma hora.

Recebido por Bonifácio e lideranças locais, como o diretor financeiro da Assembleia Legislativa (Alerj), Janio Mendes, e o secretário municipal de Governo, Davi Souza, Ciro plantou duas mudas de árvores na praça. No local, presenciou uma manifestação de feirantes do Mercado Sebastião Lan, que protestavam contra a intenção da Prefeitura de connceder a administração do local à iniciativa privada. Ao ser chamado pelos manifestantes, o presidenciável acenou para eles.

Antes de prosseguir com a agenda, Ciro Gomes conversou brevemente com os jornalistas, durante uma mini-coletiva, na qual falou sobre a visita e as perspectivas para o processo eleitoral do ano que vem. Questionado sobre se viabilizar como a chamada 'terceira via', em relação a uma pretensa polarização ao presidente Jair Bolsonaro e ao ex-presidente Lula, rechaçou a ideia.

– Terceira via é uma expressão preguiçosa da grande mídia a qual nós não podemos aderir. O Brasil está procurando entender a raiz e profundidade da pior crise econômica da nossa história e descobrir saídas para resolver esse problema. É isso que a política tem que produzir: diagnóstico correto e terapêutica correta – respondeu.

Em seguida, Ciro e sua comitiva foram levados para conhecer a Matriz Histórica de Nossa Senhora da Assunção, em visita que durou cerca de 15 minutos. De lá, o grupo seguiu para uma palestra no ginásio da Associação Atlética Cabofriense, onde o presidenciável falou por pouco mais de meia hora. 

Segundo a sua agenda, após almoçar com o prefeito e outros correligionários, Ciro Gomes voltaria ainda neste sábado para o Rio de Janeiro. 

Protesto pacífico contra concessão do Mercado – Durante a visita de Ciro em Cabo Frio, chamou a atenção uma manifestação de feirantes do Mercado Sebastião Lan, que protestavam contra a privatização do local, na verdade, a concessão da gestão do espaço para a iniciativa privada. O temor é que eles sejam retirados do local e percam as condições de sustento.

Munidos de cartazes, mas de forma pacífica, os integrantes do grupo chamaram por Ciro, que acenou para os manifestantes.

Foto: Portal RC24h

Este é o segundo protesto dos feirantes em menos de 48h. Na quinta (23), eles estiveram em frente à Câmara Municipal, para pedir apoio aos vereadores, que receberam uma comissão de trabalhadores. No mesmo dia, eles encontraram o prefeito José Bonifácio que conversou rapidamente com os manifestantes.

Em matéria publicada no último dia 11, a Folha informou que o edital de chamamento público foi publicado na edição nº 272 do Diário Oficial eletrônico do último dia 27 de agosto.

A Prefeitura informou que um procedimento de Manifestação de Interesse Privado (MIP) foi instaurado depois que um consórcio de empresas se interessou pelo espaço por meio da apresentação formal de proposta preliminar de estudos técnicos ao Comitê Gestor do Programa Municipal de Parcerias Público-privadas.

Diante de manifestações expressas das Secretarias Municipais de Governo, Planejamento e Desenvolvimento Urbano, Agricultura e Pesca, e do próprio prefeito, José Bonifácio, atestando a prioridade do projeto, membros do Comitê deliberaram pela publicação do edital, para que outras empresas e consórcios interessados possam apresentar estudos técnicos destinados avaliação da viabilidade econômico-financeira, operacional, ambiental e jurídica da reforma, ampliação, operação, administração, manutenção, conservação e exploração comercial de áreas e serviços do Mercado Municipal Sebastião Lan, mediante concessão.

A Prefeitura informou que somente após o julgamento dos estudos técnicos, que poderão ser apresentados por qualquer pessoa, será possível apreciar a viabilidade de exploração comercial do espaço, que atualmente possui 192 feirantes.

Sobre esses trabalhadores, a Prefeitura lembrou que o edital ressalta como premissa, para qualquer modelagem de negócio a ser proposta para o local, a permanência dos atuais permissionários e/ou autorizatários que comercializam seus produtos agrícolas no local, bem como a adequada modernização e manutenção dos serviços, e a modelagem operacional mais adequada para o funcionamento do Mercado Municipal Sebastião Lan. Um estudo técnico ainda vai detalhar como deverá ser o investimento prestado pelas empresas interessadas.

 

 

 

Descubra por que a Folha dos Lagos escreveu com credibilidade seus 30 anos de história. Assine o jornal e receba nossas edições em casa.

Assine Já*Com a assinatura, você também tem acesso à área restrita no site.